Tudo Sobre

Concurso Profissões e Cursos

Educação Física

Muito mais que jogar bola...



Redação
Publicado em 29/01/2007, às 10h35

No último dia 1º, foi comemorado o Dia do Profissional de Educação Física, cuja missão é garantir a saúde e a qualidade de vida das pessoas. Para falar sobre essa carreira, a seção “Profissões & Cursos” traz uma entrevista com Flavio Delmanto, presidente do Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região (CREF4/SP). Também participou da entrevista o Conselheiro Nestor Soares Públio, que é Instrutor formado pela Escola de Educação Física da PM do Estado de São Paulo, em 1959. Confira!

JC&E - Quais são as áreas de atuação para quem se forma em Educação Física?
Flavio Delmanto - O Profissional de Educação Física pode atuar na área esportiva, de todas as formas, na área de promoção da saúde, de recreação, de avaliação física, do ensino básico fundamental, da pré-escola, em academias, na área laboral e de pesquisa.

JC&E - Além do trabalho como personal trainer, como professor de academia ou em escolas, gostaria que falasse sobre as possibilidades de atuação na área científica, de pesquisa.
FD - A área de pesquisa é fundamental para todas as profissões. No caso da Educação Física, o campo está aberto para a pesquisa científica, que tem despertado bastante o interesse do profissional.

JC&E - Conte-nos agora sobre o curso de Educação Física.
FD - O curso de Educação Física tem uma divisão básica: o curso de licenciatura, que forma para o ensino básico e fundamental, e o curso de bacharelado, que forma para a atuação em outras áreas que não a de docência. O curso de licenciatura, que pode ter duração mínima de três anos, forma para a educação básica. Sua característica é que todas as disciplinas são voltadas para discutir as questões da escola, intervenção escolar e, desde o início do curso, as práticas são voltadas para a escola e com aproximação maior possível da realidade escolar. Já o bacharelado forma para os outros mercados, menos o escolar, ou seja, clubes, academias etc.

JC&E - Qual é o perfil necessário para atuar nessa área? Ter um corpo de atleta é fundamental?
FD - A questão da forma física não é relevante para o exercício profissional. O aluno precisa ter interesse pela área de atividade física ou desportiva, gostar de estudar, ter preocupação com a pessoa com quem irá trabalhar e ter vivência em atividade física. A experiência adquirida pode contribuir de forma significativa, mas não é fator determinante para o sucesso ou fracasso do profissional. Durante o curso, o aluno não aprende a jogar futebol. A prática serve de subsídio para uma reflexão em cima da qual o aluno vai formar a sua bagagem de procedimentos de orientação. Ele precisa ter essa prática para aprender a ensinar. Na prática, muitas vezes ele vai exercitar o movimento, mas sempre no intuito de que essa prática vá contribuir como subsídio para na hora em que for ensinar a atividade para outra pessoa.

JC&E - Qual o caminho para quem quer atuar na área esportiva?
FD - Dois caminhos são importantes para essa área. O primeiro é cursar o bacharelado, ou seja, fazer um curso de graduação em Educação Física. E o segundo, dentro desse processo de formação, é buscar vivência dentro do clube. Se ele não tiver sido um praticante, é importante que, durante a sua formação, faça um estágio e que conheça o ambiente em que irá trabalhar. É preciso deixar claro que estágio é um período de aprendizado, não é para assumir o trabalho. Depois de formado, pode-se fazer um curso de especialização que vai direcioná-lo de forma mais direta.

Rogerio Jovaneli

+ Resumo do Concurso Profissões e Cursos

Profissões e Cursos
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário:
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Agenda do Concurso

29/01/2008 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas