Tudo Sobre

Concurso Profissões e Cursos

Técnico em Farmácia

Braço direito do farmacêutico



Redação
Publicado em 29/01/2007, às 09h52

O técnico em Farmácia é o profissional que, sob supervisão de um farmacêutico, atua no recebimento, triagem e armazenamento de produtos farmacêuticos. É ele quem realiza a conferência e o aviamento de receitas, orientando o paciente quanto à utilização dos medicamentos. Também auxilia no preparo de soluções químicas e no controle de qualidade de matérias-primas e de equipamentos; opera sistemas de cadastramento de clientes e de fornecedores e documenta procedimentos farmacêuticos; além de zelar pela limpeza de instrumentos e do ambiente de trabalho. Em regra, técnicos em Farmácia trabalham em ambientes limpos, iluminados, arejados e, por vezes, esterilizados, nomeadamente quando intervêm na produção de medicamentos. Neste caso, pode ser obrigatório o uso de roupa de proteção, incluindo luvas e máscaras, entre outros acessórios.

CURSO

Com duração de 3 semestres (divididos por módulos), o curso técnico em Farmácia é composto por aulas teóricas e práticas. Segundo Rita Marta Schiaveto Degiovani, coordenadora do curso técnico em Farmácia da ETE Professor Alcídio de Souza Prado, em Ortolândia, no Interior de São Paulo, as principais disciplinas do curso ministrado na instituição são: PPTC (Produção de Produtos Terapêuticos e Cosméticos) e Dispensação de Produtos Farmacêuticos e Correlatos. “Para ter empregabilidade na área, o aluno deverá concluir o curso com conhecimentos sobre produção dos produtos terapêuticos e cosméticos, e sobre a dispensação destes produtos, daí a importância dessas matérias”, analisa a coordenadora de curso, que completa: “o aluno interessado em seguir carreira nesta área deverá ter habilidade para trabalhar dentro de laboratório de farmácia de manipulação, bem como gosto de lidar com o público, no caso de trabalho em drogarias”.

MERCADO

No setor público, os técnicos em Farmácia encontram-se integrados no Serviço Nacional de Saúde (SNS), trabalhando em hospitais e nas administrações regionais de saúde. No setor privado, eles atuam em farmácias comunitárias, laboratórios e empresas ligadas à indústria farmacêutica. Trata-se de um mercado de trabalho bastante promissor. “As possibilidades de atuação nessa área são muito boas, devido ao grande número de farmácias de manipulação que é encontrado atualmente”, aponta Rita.

DICAS

Na opinião de Rita, o aluno dessa carreira deve se mostrar sempre interessado quanto aos últimos acontecimentos do setor farmacêutico, incluindo não apenas notícias sobre novos lançamentos de medicamentos, mas também de produtos retirados do mercado por razões diversas. “Deve procurar participar de feiras de Farmácia, ler revistas especializadas, pertinentes ao ramo farmacêutico. Também é imprescindível que se pesquise o próprio ambiente de trabalho, da cidade onde mora, procurando fazer estágios além dos exigidos pelo curso. Como esse curso é técnico de nível médio, para iniciá-lo, o candidato deverá estar cursando o ensino médio ou já tê-lo concluído”, diz.

SITES INDICADOS

Estudantes e profissionais formados no segmento farmacêutico, interessados em manter-se atualizados sobre a profissão, contam com boas opções de sites sobre o assunto. Confira alguns deles, indicados pela professora Rita:

* Conselho Regional de Farmácia do Estado/SP – CRF-SP (www.crfsp.org.br)

* Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa (www.anvisa.gov.br)

* Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais – Anfarmag (www.anfarmag.org.br)

Rogerio Jovaneli
Reportagem/SP

+ Resumo do Concurso Profissões e Cursos

Profissões e Cursos
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário:
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Agenda do Concurso

29/01/2008 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas