MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Não coma isso se você quer dormir melhor

A melatonina, hormônio do sono, está diretamente ligada à quantidade de alimentos que ingerimos. Confira o que você deve evitar se pretende dormir melhor

Glícia Lopes* | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 21/07/2022, às 23h30

Mulher dormindo
Mulher dormindo - Freepik
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Se você pretende ter uma boa noite de sono, é importante não só estar atento aos alimentos que ajudam a dormir melhor, mas também àqueles que você deve evitar. Para isso, o JC preparou algumas dicas que vão te ajudar a ter uma boa noite de sono.

É comprovado cientificamente que dormir bem pode ajudar até na prevenção de doenças. O descanso necessário para nosso corpo influencia diretamente na nossa saúde e comportamento. Além de respeitar um período de sono de, pelo menos, sete horas diárias, é importante estar atento à alimentação noturna, pois esta irá impactar significativamente a forma como a pessoa vai acordar no dia seguinte.

A melatonina, conhecida como o hormônio do sono, interfere diretamente no funcionamento do metabolismo, além de ter propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, combatendo radicais livres e protegendo contra doenças cardiovasculares. Além disso, o hormônio está relacionado com a quantidade de alimentos ingeridos, o armazenamento de energia do organismo e o controle do peso.

+++ Tem as pernas inquietas? Confira dicas de como aliviar esse distúrbio

5 tipos de alimentos para não comer à noite se quiser dormir melhor

Já vimos que a alimentação está diretamente associada ao sono, por conta do hormônio melatonina. Alguns alimentos podem ter a digestão demorada, fazendo com que nosso metabolismo fique “pesado”, impedindo o bom descanso. Alimentos estimulantes também devem ser descartados na hora de relaxar o corpo.

Confira os principais alimentos que devemos evitar antes de dormir:

  1. Estimulantes do sistema nervoso central como: café; chocolate; gengibre; pimenta; canela; chás verde, mate e preto; pois prejudicam a produção e concentração de melatonina.
  2. Carboidratos industrializados e doces: isso inclui todos os tipos de açúcares, além de bebidas como refrigerante, achocolatados e sucos industrializados. O açúcar é responsável por promover energia ao corpo e pode dificultar o relaxamento na hora de dormir.
  3. Carne vermelha: se comer em excesso, esse alimento pode dificultar o descanso do corpo, já que a carne tem uma digestão demorada. Opte por carnes mais leves e magras durante a noite, como peixes e frango.
  4. Alimentos com muito sal, como embutidos, ultraprocessados e congelados: estes podem provocar sede excessiva, fazendo com que você permaneça acordado, bebendo mais água e indo mais vezes ao banheiro.
  5. Alimentos gordurosos como: frituras, fast-food, salgadinhos e pizza podem deixar a digestão mais lenta, já que a gordura atrasa o esvaziamento do estômago. Além disso, podem causar azia, gases e dar uma sensação de estufamento no estômago, prejudicando o sono.

+++ Diabetes: observe esses sinais que podem indicar a doença

Insônia: o que saber para a prova de Residência Médica

Pensando em se preparar para a Residência Médica? Que tal conferir o artigo que o Blog Medcel preparou para você? Com ele, você confere o que é necessário saber sobre a insônia  para estudar para a prova de R1. Lá você também confere tudo sobre a área médica, como concursos, especialidades, títulos e notícias da categoria. Aproveite!

*com informações do Viva Bem

+++ Acompanhe as principais informações sobre Saúde no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaques
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.