Companhia estende cronograma do programa de estágio

As inscrições foram prorrogadas até 15 de março; iniciativa oferece 300 vagas em quatro Estados.

Redação
Publicado em 14/02/2012, às 14h13

Os estudantes de nível médio e superior que planejam concorrer às 300 vagas ofertadas pela CPM Braxis Capgemini, especialista em fornecimento de soluções em tecnologia da informação, ganharam mais tempo na primeira etapa do processo seletivo: agora as inscrições vão até 15 de março.
Podem se candidatar, no endereço eletrônico www.cpmbraxis.com/programadeestagio, os universitários dos cursos de tecnologia da informação, administração, economia, engenharia de produção, pedagogia, psicologia, recursos humanos, publicidade e propaganda, comunicação e marketing. 
Já os alunos do ensino médio precisam estar matriculados em áreas relacionadas a informática, telecomunicações e redes.
Conhecimentos em inglês são imprescindíveis para agarrar uma das colocações. O entendimento de outros idiomas será considerado um diferencial.
Oportunidades - Do total de chances, 260 são reservadas aos graduandos. Os aprovados serão alocados em Alphaville (SP), Florianópolis (SC), Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA), nos setores de applications management services, applications services, marketing & communications, enterprise applications services (ERP), sales, infrastructure technology services e human resources. 
As 40 posições restantes, destinadas aos estudantes de nível médio, serão preenchidas no departamento de infrastructure technology services de Alphaville (SP) e do Rio de Janeiro (RJ).
Seleção - Antes de serem integrados ao time da CPM Braxis Capgemini, os candidatos enfrentarão inscrição online; teste online de raciocínio lógico e inglês; análise de currículos; teste presencial de português e redação, bem como dinâmica de grupo. Caso a área de atuação exija inglês avançado, também será aplicada validação oral do idioma.
Os escolhidos, nas palavras da gerente de recrutamento e seleção da companhia, Alessandra Aymoré, “passarão por um amplo programa de capacitação – inclusive comportamental – e, de acordo com a tecnologia com a qual atuarão, poderão ficar até quatro meses e meio em treinamento técnico full time. Assim, serão encaminhados às áreas de destino com um bom preparo”.
Para desempenhar as funções, os estagiários receberão bolsa-auxílio compatível com o mercado, seguro de vida, vale-refeição, vale-transporte, assistência médica e odontológica, além de contarem com a possível efetivação, que atinge os 85% em cada processo seletivo.
Pâmela Lee Hamer
Veja também:
TV aberta: Esporte Interativo lança primeira seleção de trainees
Leroy Merlin: Rede de varejo contrata recém-formados para 15 postos
Vagas de TI: Ultrapar abre 25 postos para recém-formados em SP

Comentários

Mais Lidas