Concurso Mapa 2021 Previsto

Orgão: Mapa - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Nº vagas: 60
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Técnicos
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário:
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

Publicado em 27/11/2017, às 13h47 - Atualizado em 26/11/2021, às 14h06


Um novo  concurso Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) já está autorizado. Ao todo serão 60 vagas no órgão, em caráter temporário, todas para as áreas de atividades técnicas de complexidade gerencial, de tecnologia da informação e engenharia sênior. Para concorrer será necessário possuir formação de nível superior e a remuneração inicial ainda deve ser confirmada. De acordo com o documento, a publicação do edital de abertura de inscrições deve ocorrer dentro de um prazo de seis meses da publicação,ou seja, até 21 de abril. Porém, nada impede que a seleção tenha início antes deste prazo.      

Concuso Mapa: saiba mais sobre a seleção

O novo concurso Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária a Abastecimento), autorizado em 21 de outubro pelo Ministério da Economia, já conta com comissão organizadora formada. Os nomes dos membros do grupo foram divulgados nesta sexta-feira, 26 de novembro, por meio de publicação no Diário Oficial da União. Com isto, o próximo passo é definir o nome  da banca organizadora. Somente após a assinatura do contrato com a empresa poderá ser definida a data de publicação do edital de abertura de inscrições. De acordo com a autorização do Ministério da Economia, a publicação do edital deve ocorrer dentro de um prazo de seis meses,ou seja, até 21 de abril. Porém, nada impede que a seleção tenha início antes deste prazo.

A seleção contará com uma oferta de 60 vagas, para preenchimento em caráter temporário, todas para as áreas de atividades técnicas de complexidade gerencial, de tecnologia da informação e engenharia sênior. Para concorrer será necessário possuir formação de nível superior e a remuneração inicial ainda deve ser confirmada. 

A distribuição das vagas pelas respectivas áreas de atuação já está definida e será a seguinte:

  • Analista de Dados - 9
  • Especialista em Governança de Dados - 2
  • Analista emBusinessIntelligence - 5
  • Cientista de Dados - 2
  • Especialista em BigData - 2
  • Engenheiro de IA - 2
  • Analista em Interoperabilidade - 9
  • Arquiteto em Soluções - 3
  • Especialista em DevOps - 2
  • Analista de Infraestrutura de TIC - 6
  • Analista de Processo - 1Analista de Negócios (Gerente de Projetos de Soluções de TIC) - 14
  • Analista de Segurança da Informação - 3

De acordo com a autorização, a duração dos contratos será por até quatro anos, para atuar em cinco projetos corporativos do Mapa:

  • Governança Fundiária,
  • Autocontrole,
  • ProDefesa,
  • Observatório da Agropecuária Brasileira,
  • Agro Gestão Integrada de Riscos - AGIR

Concurso Mapa: veja publicação oficial

PORTARIA SE Nº 2.163, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2021

O SECRETÁRIO-EXECUTIVO DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, no uso das competências previstas no art. 10 do Decreto nº 10.827, de 30 de setembro de 2021, e considerando o disposto no § 1º do art. 4º do Decreto nº 4.748, de 16 de junho de 2003, resolve:

Art. 1º Fica instituída Comissão Especial responsável pelo Processo Seletivo Simplificado, para contratar por tempo determinado o quantitativo máximo de 60 (sessenta) profissionais, para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público, nos termos da alínea "i", do inciso VI, do art. 2º, da Lei nº 8.745, de 9 de dezembro de 1993, conforme autorização da Portaria do Secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia nº 12.226 de 14 de outubro de 2021 no DOU de 21 de outubro de 2021.

Art. 2º Ficam designados como membros da Comissão Especial os seguintes servidores:

I - Representantes da Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas:

a) SARA MARTINS - Coordenadora-Geral de Gestão de Pessoas;

b) ADRIANO CORDEIRO DE SOUSA - Coordenador de Planejamento e Desenvolvimento Funcional; e

c) HELOISA MARCOLINO - Assessora Técnica Especializada.

II - Representantes do Departamento de Tecnologia de Informação:

a) BRUNO HENRIQUE DOS SANTOS REBELLO - Diretor do Departamento de Tecnologia de Informação; e

b) JULIANA DE ALBUQUERQUE GONÇALVES - Coordenadora de Mapeamento de Processos Digitais.

Art. 3º A Comissão Especial será presidida pela Coordenadora-Geral de Gestão de pessoas - COGEP/DA/SE e em seus impedimentos será presidida pelo Diretor do Departamento de Tecnologia da Informação - DTI/SE.

Art. 4º As deliberações da Comissão serão tomadas por maioria simples.

Art. 5º Compete à Comissão Especial praticar todos os atos necessários à realização do processo seletivo simplificado de que trata o art. 1º.

Art. 6º A Coordenação de Planejamento e Desenvolvimento Funcional - CODES prestará apoio administrativo às atividades da Comissão Especial.

Art. 7º A Comissão Especial realizará suas atividades no prazo de até 90 (noventa) dias, prorrogáveis por igual período.

Art. 8º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

MARCOS MONTES

Concurso Mapa: veja publicação oficial

PORTARIA SEDGG/ME Nº 12.226, DE 14 DE OUTUBRO DE 2021

O SECRETÁRIO ESPECIAL DE DESBUROCRATIZAÇÃO, GESTÃO E GOVERNO DIGITAL DO MINISTÉRIO DA ECONOMIA, no uso da competência que lhe foi delegada pelo inciso II do art. 27 da Portaria do Ministro de Estado da Economia nº 406, de 8 de dezembro de 2020, e a MINISTRA DE ESTADO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, no uso de sua atribuição, tendo em vista o disposto no art. 5º da Lei nº 8.745, de 9 de dezembro de 1993 e na Instrução Normativa nº 1, de 27 de agosto de 2019, da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, resolvem:

Art. 1º Autorizar o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) a contratar, por tempo determinado, o quantitativo de 60 (sessenta) profissionais para atender necessidade temporária de excepcional interesse público, nos termos da alínea "i", do inciso VI, do art. 2º, da Lei nº 8.745, de 9 de dezembro de 1993, conforme discriminado no Anexo.

Parágrafo único. Os profissionais de que trata o caput serão contratados para atuar no desenvolvimento de atividades inerentes a 5 (cinco) Projetos Estratégicos Corporativos do MAPA (Governança Fundiária, Autocontrole, ProDefesa, Observatório da Agropecuária Brasileira, Agro Gestão Integrada de Riscos - AGIR).

Art. 2º As contratações de que trata o art. 1º somente serão formalizadas mediante disponibilidade de dotações orçamentárias específicas, observando-se os demais requisitos previstos na Lei nº 8.745, de 1993.

Art. 3º O MAPA definirá a remuneração dos profissionais a serem contratados em conformidade com a importância de que tratam o inciso II, do art. 7º, da Lei nº 8.745, de 1993, e o art. 2º do Decreto nº 6.479, de 11 de junho de 2008.

Art. 4º As contratações dependerão de prévia aprovação em processo seletivo simplificado, nos termos do art. 3º da Lei nº 8.745, de 1993, sujeita à ampla divulgação, inclusive por meio do Diário Oficial da União.

Parágrafo único. O prazo para a publicação do edital de abertura de inscrições para o processo seletivo simplificado será de até 6 (seis) meses, contado a partir da publicação desta Portaria.

Art. 5º O prazo de duração dos contratos será de, no máximo, 4 (quatro) anos.

Parágrafo único. Os contratos poderão ser prorrogados, nos termos do inciso IV, do parágrafo único, do art. 4º, da Lei nº 8.745, de 1993, desde que devidamente justificado, com base nas necessidades de conclusão das atividades de que trata o parágrafo único do art. 1º desta Portaria.

Art. 6º As despesas com as contratações autorizadas por esta Portaria correrão à conta das dotações orçamentárias consignadas no Grupo de Natureza de Despesa (GND) "3 - Outras Despesas Correntes", elemento de despesa "04 - Contratações Temporárias", tendo em vista que não visam à substituição de servidores e empregados públicos, nos termos do § 2º do art. 116, da Lei nº 14.116, de 31 de dezembro de 2020, Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2021.

Parágrafo único. A autorização de que trata o caput fica condicionada à declaração do ordenador de despesas responsável quanto à adequação orçamentária e financeira da nova despesa com a Lei Orçamentária Anual e a sua compatibilidade com o Plano Plurianual e com a Lei de Diretrizes Orçamentárias.

Art. 7º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

CAIO MARIO PAES DE ANDRADE

Secretário Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital

TEREZA CRISTINA CORREA DA COSTA DIAS

Ministra de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

ANEXO Atividades Perfil Qtd.

Atividades Técnicas de Complexidade Gerencial, de Tecnologia da Informação e de Engenharia Sênior (inciso V, art. 8o do Decreto nº 4.748, de 16 de junho de 2003)

Analista de Dados 9

Especialista em Governança de Dados 2

Analista emBusinessIntelligence 5

Cientista de Dados 2

Especialista em BigData 2

Engenheiro de IA 2

Analista em Interoperabilidade 9

Arquiteto em Soluções 3

Especialista em DevOps 2

Analista de Infraestrutura de TIC 6

Analista de Processo 1

Analista de Negócios (Gerente de Projetos de Soluções de TIC) 14

Analista de Segurança da Informação 3

Total 60

Concurso Mapa: expectativa por vagas efetivas

Além do concurso Mapa autorizado, para contratos temporários, também há expectativa para realização de concurso para efetivos. Neste sentido, o órgão aguarda aval do Ministério da Economia para o preenchimento de  1.660 vagas. 

Do total de postos solicitados, 831 fazem parte do plano geral de cargos do Poder Executivo (PGPE), 352 para o plano de carreiras dos cargos de atividades técnicas e auxiliares de fiscalização federal agropecuária (PCTAF), 217 para pesquisa em ciência e tecnologia e 260 para auditor fiscal agropecuário.

As carreiras específicas e respectivas exigências para cada área ainda serão confirmadas. De qualquer forma, no caso de auditor fiscal agropecuário é necessário possuir formação de nível superior, com remuneração inicial de R$ 15.042,71

Vale lembrar que o órgão conta com concurso ainda em validade, até março de 2022.

Atribuições do auditor fiscal

A defesa sanitária animal e vegetal; a inspeção industrial e sanitária dos produtos de origem animal e a fiscalização dos produtos destinados à alimentação animal; a fiscalização de produtos de uso veterinário e dos estabelecimentos que os fabricam e de agrotóxicos, seus componentes e afins; a fiscalização do registro genealógico dos animais domésticos, da realização de provas zootécnicas, das atividades hípicas e turfísticas, do sêmen destinado à inseminação artificial em animais domésticos e dos prestadores de serviços de reprodução animal; a fiscalização e inspeção da produção e do comércio de sementes e mudas e da produção e comércio de fertilizantes, corretivos, inoculantes, estimulantes ou biofertilizantes destinados à agricultura; etc.

Curso de português grátis

Acompanhamento do concurso MAPA

Abaixo o JC Concursos apresenta todos os detalhes do concurso MAPA, como notícias relacionadas, anexos e provas anteriores.


Notícias do concurso Mapa 2021

Edital e Anexos

Abertura (26/09/2017) Edital Concurso MAPA 2017

Provas Mapa - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Orgão, Cargos e OrganizadoraAnoAnexo
Mapa Estagiario de Ensino Superior
CIEE
2015 Prova / Gabarito
Mapa Contador
Consulplan
2014 Prova / Gabarito
Mapa Engenheiro Agronomo
Consulplan
2014 Prova / Gabarito
Mapa Administrador
Consulplan
2014 Prova / Gabarito
Mapa Psicologo
Consulplan
2014 Prova / Gabarito

» Ver lista completa


Comentários

Mais Lidas