Concurso Prefeitura de Betim (MG) 2019 Em andamento

Orgão: Prefeitura Betim
Nº vagas: 392
Taxa de inscrição: De R$ 80,00 Até R$ 100,00
Cargos: Professor, Auxiliar, Auditor
Áreas de Atuação: Administrativa, Educação
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 1028,54 Até R$ 4952,00
Organizadora: Instituto AOCP
Estados com Vagas: MG
Cidades: Betim - MG

5,00(100.0%)1 voto(s)

Publicado em 13/08/2019, às 16h03 - Atualizado em 14/11/2019, às 23h00


O concurso Prefeitura Betim, em Minas Gerais, preencherá 392 vagas, além de formar cadastro reserva. Estão em disputa postos em 29 cargos de níveis médio e superior de escolaridade.

Resumo do edital

Distribuição das vagas

A função de educador social (6 postos e salário de R$ 1.130,22) é opção para candidatos com ensino médio incompleto, enquanto profissionais que concluíram esse ciclo escolar podem concorrer como auxiliar administrativo de centro infantil municipal (8 - R$ 1.028,54), oficial de administração (42 - R$ 1.130,22), técnico de biblioteca (11 - R$ 1.028,54), técnico de informática (6 - R$ 1.130,22), técnico de secretaria (30 - R$ 1.028,54) e tradutor e intérprete de Libras (2 - R$ 1.130,22).

Há oportunidades com exigência de curso superior para analista de recursos financeiro, orçamentário, contratos e convênios (2 - R$ 3.301,33), analista de sistemas (2 - R$ 4.952), analista jurídico (2 - R$ 3.301,33), assistente social (22 - R$ 3.301,33), bibliotecônomo (4 - R$ 3.301,33), contador (1 - R$ 3.301,33), geógrafo (1 - R$ 3.301,33), sociólogo (1 - R$ 3.301,33), psicólogo (12 - R$ 3.301,33), auditor fiscal de tributos municipais - ISS (7 - R$ 3.301,33), pedagogo (20 - R$ 2.271,15), professor de educação infantil (20 - R$ 2.281,62), professor PI-L (60 - R$ 1.378,51) e professor PII (salário de R$ 1.623,24) nas áreas de arte (7), ciências (24), educação física (10), ensino religioso (4), geografia (14), história (14), inglês (10), língua portuguesa (30) e matemática (20).

Atribuições de alguns cargos

  • Auxiliar administrativo de centro infantil municipal - Organizar seu trabalho tendo como referência a lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, LDBEN Nº b9394/96, a Política Nacional de Educação Infantil, as Diretrizes Curriculares para a Educação Infantil, a Lei Federal Nº 8069/90.- Estatuto da Criança e do Adolescente; Participar da construção do "Conselho Educativo" do CIM conforme previsto no Projeto Político Pedagógico da Educação Infantil de Betim e nas orientações do MEC - Programa de Fortalecimento dos Conselhos Escolares; Refletir e Avaliar sua prática profissional, buscando sempre aperfeiçoá-la; Encaminhar de forma obrigatória, conforme prevê lei federal, junto ao Dirigente do CIM casos de abusos, violação de direitos e negligência com as crianças; Cuidar para que seu relacionamento com os demais funcionários do CIM e comunidade atendida sejam pautados pelo respeito, ética, cordialidade e diálogo permanente; Planejar com a Coordenação Pedagógica, e demais educadores, os encontros entre profissionais do CIM e as famílias, para desenvolver atividades de lazer, festas, recreação e de formação, integrando estes momentos com os projetos culturais da comunidade onde o CIM está inserido participando ativamente destas atividades; Executar suas atividades pautando-se no respeito à dignidade, aos direitos e às especificidades da Auxiliar criança de até 5 (cinco) anos e 11 meses, em suas diferenças individuais, sociais, econômicas, culturais, étnicas, religiosas, sem qualquer forma de discriminação; Participar de todas as atividades de formação/qualificação profissional para as quais for convocado, pelo Dirigente do CIM, Coordenação Pedagógica, SEMED e PMB; Contribuir com o diretor e coordenação pedagógica na orientação e acompanhamento das atividades de todos os funcionários do CIM, visando garantir o seu funcionamento adequado e contribuindo inclusive para o controle do acesso na instituição; Manter atualizado o livro de apuração de frequência e documentação de funcionários, realizando relatório mensal a ser encaminhado para os respectivos setores da SEMED; Efetuar a inscrição, matrícula, seleção, frequência e desligamento da criança do CIM; Orientar e supervisionar a organização da documentação do CIM relativa às crianças faltosas, conforme o previsto em legislação municipal/estadual ou federal.
  • Educador social - Atual a abordagem rua, identificar, acompanhar e monitorar grupos de crianças e adolescentes, em situação de dificuldade pessoal e social, no desenvolvimento de atividades psico-pedagógicas, culturais esportivas e recreativas, metendo à sua Equipe Técnica de vinculação informações referentes ao seu trabalho de campo. Identificar e otimizar recursos comunitários. Desenvolver outras atribuições afins.
  • Oficial de administração - Elaboração e análise de documentos, relatórios e demonstrativos e gráficos, próprios de escritório ou atividade burocrática; conferência de dados e documentos; redação e datilografia de textos relacionados com administração; atendimento ao público; organização de fichários e arquivos, operação de computador e datilografia.
  • Técnico de biblioteca - Exerce atividades profissionais de nível médio nas bibliotecas públicas municipais; formaliza e controla a entrada de livros e empréstimos; atende aos alunos e professores; confere material adquirido para biblioteca; divulga informações diversas de interesse da comunidade escolar; solicita material de uso diário; zela pelo acervo bibliotecário; exerce, se eleito, a função de tesoureiro da Caixa Escolar.
  • Técnico de informática - Elaboração e atualização de programa de computação, com base em projetos de sistemas fornecidos por analista. O trabalho inclui, observados os princípios e técnicas de informática, observados os diferentes processos operacionais. Elaboração e edição de textos, planilhas e bancos de dados, segundo as regras de informática, incluídos os softwares e suporte técnico.
  • Técnico de secretaria - Exerce atividades profissionais de nível médio no âmbito dos serviços administrativos escolares; confecciona e mantém atualizados históricos escolares, boletins, fichas individuais dos alunos, diários de classe, livros de escrituração e outros; realiza trabalho de protocolo, preparo, seleção, registro e arquivamento de documentos; atende ao público; exerce, se eleito, a função de tesoureiro da Caixa Escolar.
  • Auditor fiscal de tributos municipais (ISS Betim) - Lançamento do crédito tributário; homologação do pagamento do crédito tributário; diligências de verificação, fiscalização ou controle da observância de obrigações tributárias; apuração de dados do interesse do Fisco Municipal; lavratura de notificação e autos-de-infração; avaliação de bens imóveis para lançamento de tributos municipais; estimativa e arbitramento de base de cálculo de impostos; acompanhamento da apuração do Valor Adicionado Fiscal – VAF e demais critérios de participação do município nos repasses estadual e federal; emissão de parecer, relatório e voto em processos relativos aos créditos tributários do Município, quando em exercício em órgão contencioso administrativo fiscal; atuação como perito ou assistente técnico nos feitos administrativos ou judiciais de natureza tributária; levantamentos e análises contábeis; sindicâncias, vistorias, pesquisas, levantamentos estatísticos e projeções de assuntos de natureza tributária; planejamento, organização, coordenação, supervisão, assessoramento e execução de atividades complexas da administração tributária; participação em sessões e audiências de natureza fiscal; elaboração de pareceres; anteprojetos de leis e outros atos normativos; supervisionar eventuais atividades de orientação dos contribuintes efetuadas, pessoalmente ou por qualquer meio; elaboração de cartilhas, manuais, guias e assemelhados de natureza tributária; atuação como instrutor em cursos de reciclagem e aperfeiçoamento em matéria fiscal e tributária, palestrante em eventos de mesma natureza; análise, assessoramento e acompanhamento de contratos e convênios relativos à administração tributária; análise, assessoramento e acompanhamento de programas de fiscalização, na área de sua competência, visando o cumprimento das normas derivadas do poder de polícia do Município; desempenho de outras atividades de maior complexidade e especial interesse da administração, por designação do Secretário Adjunto da Fazenda.

Conteúdo programático

Confira abaixo os temas de língua portuguesa e legislações municipais:

  • Língua portuguesa - 1. Compreensão e interpretação de texto. 2. Tipologia e gêneros textuais. 3. Figuras de linguagem. 4. Significação de palavras e expressões. 5. Relações de sinonímia e de antonímia. 6. Ortografia. 7. Acentuação gráfica. 8. Uso da crase. 9. Morfologia: classes de palavras variáveis e invariáveis e seus empregos no texto. 10. Locuções verbais (perífrases verbais). 11. Funções do “que” e do “se”. 12. Elementos de comunicação e funções da linguagem. 13. Domínio dos mecanismos de coesão textual: emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual; emprego de tempos e modos verbais. 14. Domínio dos mecanismos de coerência textual. 15. Reescrita de frases e parágrafos do texto: significação das palavras; substituição de palavras ou de trechos de texto; reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto; reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 16. Sintaxe: relações sintático-semânticas estabelecidas na oração e entre orações, períodos ou parágrafos (período simples e período composto por coordenação e subordinação). 17. Concordância verbal e nominal. 18. Regência verbal e nominal. 19. Colocação pronominal. 20. Emprego dos sinais de pontuação e sua função no texto. 21. Função textual dos vocábulos. 22. Variação linguística.
  • Legislações municipais - 1. Lei Orgânica do Município de Betim – MG. 2. Estatuto dos Funcionários da Prefeitura Municipal de Betim - MG, Lei nº 884 de 12/02/1969 e suas alterações.

Concurso Prefeitura de Betim: seleção anterior

Realizado em 2015, o último concurso da Prefeitura de Betim foi cancelado em 2016. A decisão se deu após irregularidades encontrada pelo Ministério Público, por parte da gestão passada, ao selecionar a empresa Pró-Município, com sede em Fortaleza (CE), para coordenar o processo de seleção.

O certame recebeu mais de 12 mil inscritos e foram ofertadas 5 vagas para Auditor de Tributos Municipais, cargo que exige nível superior em qualquer área de formação e um total de 713 vagas, nas áreas da Assistência Social, Educação e Administração.

Acompanhamento

A equipe JC Concursos apresenta o resumo do concurso Prefeitura Betim nesta página, com as principais informações do processo seletivo. O conteúdo programático e as atribuições na íntegra podem ser conferidos no edital abaixo, disponível entre os anexos.


Cronograma

Abertura das inscrições14/10/2019
Encerramento das inscrições13/11/2019
Prova15/12/2019
Divulgação do Gabarito16/12/2019

Notícias do concurso Prefeitura de Betim (MG) 2019

Edital e Anexos

Abertura (28/12/2015) Edital do concurso de 2015 da Prefeitura de Betim
Abertura (13/08/2019) Edital de abertura de inscrições (2019)

Provas Prefeitura Betim

Nenhuma prova encontrada

Provas Instituto AOCP

Nenhuma prova encontrada

Sobre Prefeitura Betim

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela.

Comentários

Mais Lidas