392 vagas

Concurso Prefeitura de Betim MG é suspenso por situação de calamidade

O concurso Prefeitura de Betim preencheria postos em 29 cargos, entre eles o de auditor fiscal (ISS Betim). Salários chegam a R$ 4,9 mil

5,00(100.0%)1 voto(s)

Redação | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 13/08/2019, às 15h35 - Atualizado em 14/10/2019, às 15h41

Concurso Prefeitura Betim: vista aérea do município
Divulgação

Começariam nesta segunda-feira, dia 14 de outubro, as inscrições para o concurso Prefeitura Betim, em Minas Gerais (MG), com 392 vagas e formação de cadastro reserva de pessoal. Porém, o certame foi suspenso temporariamente devido à implementação do Decreto de Estado de Calamidade Pública.

O decreto foi publicado no diário oficial do dia 9 de outubro e, a príncipio, vale por 90 dias, período prorrogável. O motivo principal seria o atraso no repasse de verbas do Estado de Minas Gerais.

Vagas do concurso Prefeitura de Betim

A função de educador social (6 postos e salário de R$ 1.130,22) era opção para candidatos com ensino médio incompleto, enquanto profissionais que concluíram esse ciclo escolar podem concorrer como auxiliar administrativo de centro infantil municipal (8 - R$ 1.028,54), oficial de administração (42 - R$ 1.130,22), técnico de biblioteca (11 - R$ 1.028,54), técnico de informática (6 - R$ 1.130,22), técnico de secretaria (30 - R$ 1.028,54) e tradutor e intérprete de Libras (2 - R$ 1.130,22).

Havia oportunidades com exigência de curso superior para auditor fiscal de tributos municipais - ISS Betim (7 - R$ 3.301,33), analista de recursos financeiro, orçamentário, contratos e convênios (2 - R$ 3.301,33), analista de sistemas (2 - R$ 4.952), analista jurídico (2 - R$ 3.301,33), assistente social (22 - R$ 3.301,33), bibliotecônomo (4 - R$ 3.301,33), contador (1 - R$ 3.301,33), geógrafo (1 - R$ 3.301,33), sociólogo (1 - R$ 3.301,33), psicólogo (12 - R$ 3.301,33), pedagogo (20 - R$ 2.271,15), professor de educação infantil (20 - R$ 2.281,62), professor PI-L (60 - R$ 1.378,51) e professor PII (salário de R$ 1.623,24) nas áreas de arte (7), ciências (24), educação física (10), ensino religioso (4), geografia (14), história (14), inglês (10), língua portuguesa (30) e matemática (20).

Como se inscrever

As inscrições para o concurso Prefeitura Betim iriam até as 23h59 de 13 de novembro,  pelo site www.institutoaocp.org.br. As taxas de participação custariam:

  • R$ 80 (nível médio);
  • R$ 100 (superior).

Concurso Prefeitura Betim: as provas

As avaliações objetiva e dissertativa estavam agendadas para 15 de dezembro. A primeira traria 50 questões de múltipla escolha, enquanto a segunda cobraria a elaboração de uma redação contendo entre 15 e 30 linhas. O conteúdo programático englobaria:

  • legislações municipais e conhecimentos específicos (todas as vagas);
  • e língua portuguesa (exceto para professor na mesma área).

O processo seletivo incluiria, ainda, análise de títulos para os concorrentes aos cargos de nível superior.

+++ O JC Concursos disponibiliza mais detalhes sobre o edital, como atribuições, conteúdo programático e cronograma, na página do concurso Prefeitura Betim

Sobre Prefeitura Betim

O Brasil conta, hoje, com 5.570 prefeituras espalhadas por municípios dos 26 Estados do país, além do Distrito Federal. Os municípios são uma circunscrição territorial dotada de personalidade jurídica e com certa autonomia administrativa, sendo as menores unidades autônomas da Federação. Uma prefeitura é a sede do poder executivo do município (semelhante à câmara municipal, em Portugal). Esta é comandada por um prefeito (nas cidades brasileiras e por um presidente de câmara nos municípios portugueses) e dividida em secretarias de governo, como educação, saúde ou meio ambiente. O termo prefeitura também pode designar o prédio onde está instalada a sede do governo municipal, também chamado de paço municipal onde geralmente se localiza o gabinete do prefeito. A instituição da prefeitura de seu encarregado maior, o "prefeito", é algo relativamente novo na história do Brasil. O poder hoje exercido pela prefeitura foi anteriormente exercido pela câmara municipal, pelo conselho de intendência e pela intendência municipal. As prefeituras são órgãos independentes, que não precisam de autorização por parte das administrações federal ou estaduais para realizarem seus concursos públicos, seja para preenchimento na própria sede ou em secretarias vinculadas à ela. concursos abertosconcursos mg (minas gerais)concursos 2019provas anteriores

Comentários

Mais Lidas