MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Concurso DPE ES Previsto

Orgão: DPE ES - Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo
Nº vagas: 35
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Defensor Publico
Áreas de Atuação: Judiciária / Jurídica
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 10395,00
Organizadora: FCC
Estados com Vagas: ES

Publicado em 08/10/2019, às 11h04 - Atualizado em 13/06/2022, às 14h09

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O concurso DPE ES (Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo) será para 35 vagas de defensor, carreira que pede nível superior em direito e três anos de atividade jurídica, com inicial de R$ 10.395,30. A data de liberação do edital deve ser anunciada em breve. A banca, já definida, será a Fundação Carlos Chagas (FCC).

Concurso DPE ES - Saiba mais sobre a seleção

O novo concurso DPE ES (Defensoria Pública do Estado de Espírito Santo) para o cargo de defensor contará com uma oferta de 35 vagas, sem cadastro reserva de pessoal. O quantitativo foi anunciado na última sexta-feira, 3 de junho, por meio de nota oficial divulgada pelo órgão. Vale ressaltar que o certame já conta com banca organizadora definida, que será a Fundação Carlos Chagas (FCC). Com isto, o próximo passo é a assinatura do contrato, que deve ocorrer em pauta. Somente após este procedimento será confirmada a data de publicação do edital de abertura de inscrições. “A realização do concurso é fundamental para o cumprimento da Emenda Constitucional 80/2014, que determina a presença de defensores públicos em todas as unidades jurisdicionais até o final de 2022”, disse o defensor público-geral do Estado, Gilmar Alves Batista, em nota.

Para concorrer é exigida formação de nível superior em direito e três anos de atividade jurídica, com remuneração inicial de R$ 10.395,30.

Cabe ao servidor da carreira promover a orientação jurídica e a defesa dos direitos dos seus assistidos, em qualquer juízo ou instância, no âmbito judicial, extrajudicial e administrativo, na forma da lei, conforme lei complementar estadual 55/1994.

De acordo com o regulamento da seleção, já publicada, a publicação do edital deve ocorrer com antecedência de 90 dias da aplicação das provas objetivas. Já o prazo de inscrições deverá ser de, no mínimo, 30 dias, com possibilidade de prorrogação.

A seleção contará com cinco fases, da seguinte forma:

  • Primeira fase: prova escrita objetiva, de caráter geral (eliminatória e classificatória);
  • Segunda fase: provas escritas específicas (eliminatórias e classificatórias);
  • Terceira fase: sindicância de vida pregressa e investigação social (eliminatória);
  • Quarta fase: prova oral (eliminatória e classificatória) e;
  • Quinta fase: avaliação de títulos (classificatória).

A prova objetiva contará com 100 questões, distribuídas da seguinte forma:

  • I - Direito Constitucional
  • II - Direitos Humanos;
  • III - Direito Administrativo;
  • IV - Direito Tributário;
  • V - Princípios e Atribuições Institucionais da Defensoria Pública;
  • VI - Direito Civil;
  • VII - Direito Empresarial;
  • VIII - Direito do Consumidor;
  • IX - Direito Processual Civil;
  • X - Direitos Difusos e Coletivos;
  • XI - Direito da Criança e do Adolescente;
  • XII - Direito Penal;
  • XIII - Direito Processual Penal;
  • XIV - Direito da Execução Penal;
  • XV- Criminologia.

A segunda fase contará com três provas discursivas, com disciplinas distribuídas por três grupos, da seguinte forma:

  • I - Grupo 1: Direito Constitucional, Direitos Humanos, Direito Administrativo, Direito Tributário e Princípios e Atribuições Institucionais da Defensoria Pública;
  • II - Grupo 2: Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Empresarial, Direito do Consumidor e Direitos Difusos e Coletivos;
  • III - Grupo 3: Direito da Criança e do Adolescente, Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito da Execução Penal e Criminologia.

As provas discursivas, envolvendo temas jurídicos relacionados às matérias, consistirão, para cada prova:

  • I - na elaboração de peça processual sobre o tema abrangido pelo programa;
  • II - na redação de resposta a 05 (cinco) questões.

A prova oral também deverá contar com disciplinas distribuídas por grupos, da seguinte forma:

  • I - Grupo 1: Direito Constitucional, Direitos Humanos e Direito da Criança e do Adolescente;
  • II - Grupo 2: Direito Civil, Direito Processual Civil e Direitos Difusos e Coletivos;
  • III - Grupo 3: Direito Penal, Direito Processual Penal e Direito da Execução Penal.

Concurso DPE ES: veja publicação oficial

DISPENSA DE LICITAÇÃO
PROCESSO: 3513
A DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO, no uso de suas atribuições
legais, torna pública a contratação de pessoa jurídica prestadora de serviços técnico-especializados para a organização e realização do V concurso público para ingresso na carreira  de defensor público substituto - nível I, com base no art. 24, inciso XIII, da Lei Federal nº 8.666/93. CONTRATADA: FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS - FCC. VALOR: sem ônus para a Defensoria Pública do Estado.
Vitória, 1º de junho de 2022.

Concurso DPE ES: veja publicação oficial

PORTARIA CSDPES Nº 870, DE 25 DE AGOSTO DE 2021.
Designa a Comissão do V Concurso Público de Provas e Títulos para ingresso na carreira de Defensor(a) Público(a) da Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo.

O CONSELHO SUPERIOR DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO, no
uso das atribuições legais.
RESOLVE:
Art. 1º. Designar os membros para compor a Comissão do V Concurso para ingresso na carreira de Defensor(a) Público(a) da Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo.
Art. 2º. Compõe a Comissão de Concurso:
I - Gilmar Alves Batista;
II - Raphael Maia Rangel;
III - Samyla Gomes Medeiros Soares Belchior;

IV - Hellen Nicácio de Araújo e;
V - Douglas Gianordoli Santos Júnior - representante da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Estado do Espírito Santo.
Art. 3º. Serão membros suplentes da Comissão de Concurso:
I - Maria Gabriela Agapito da Veiga Pereira da Silva;
II - Rodrigo Borgo Feitosa e;
III - Alberto Nemer Neto - representante da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Estado do Espírito Santo.
Art. 4º. Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogando as disposições em contrário.
Vitória/ES, 25 de agosto de 2021.
Saulo Alvim Couto
Subdefensor Público-Geral
Protocolo 705451

Concurso DPE ES - Veja dicas de preparação emocional 


Notícias do concurso DPE ES

Provas DPE ES - Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo

Nenhuma prova encontrada

Provas FCC - Fundação Carlos Chagas

Orgão, Cargos e OrganizadoraAnoAnexo
TRF 3 (SP e MS) Técnico-administrativos
FCC
2019 Prova / Gabarito
Defensoria Pública Agente de Defensoria Publica Administrador de Redes
FCC
2015 Prova / Gabarito
Defensoria Pública Administrador
FCC
2015 Prova / Gabarito
Defensoria Pública Agente de Defensoria Publica Administrador de Banco de Dados
FCC
2015 Prova / Gabarito
Defensoria Pública Agente de Defensoria Publica Administrador Analista de Sistemas
FCC
2015 Prova / Gabarito

» Ver lista completa

Sobre FCC - Fundação Carlos Chagas

Instituição de direito privado e sem fins lucrativos, a Fundação Carlos Chagas (FCC) concentra suas atividades em duas grandes áreas: pesquisa/educação e organização de concursos/processos seletivos. A banca pode ser contatada pelo telefone (11) 3723-4388, de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h.


Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.