Tudo Sobre

Empregos Exame de Ordem

Convocação para 2ª fase sai amanhã

Está prevista para amanhã, quarta-feira, a divulgação da lista final de aprovados na primeira fase...



Redação
Publicado em 16/06/2009, às 12h07

Está prevista para amanhã, quarta-feira, a divulgação da lista final de aprovados na primeira fase do Exame nº 138 da seccional paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP) e a convocação para a fase seguinte, que se realizará no próximo dia 28, às 14h.

No total, 18.917 bacharéis em Direito se inscreveram neste Exame, que marca a adesão da OAB paulista ao Exame unificado, aplicado pelo Cespe/UnB em todo o país, com exceção do estado de Minas Gerais. A primeira lista de aprovados foi divulgada no final de maio e continha apenas 2.233 nomes, um percentual de apenas 12% de aprovação, levando em consideração o índice de candidatos ausentes (1,67%). Aqueles que não constavam da relação tiveram três dias úteis para entrar com recurso. Após a análise desses recursos, com pedidos de anulação de questões, o Cespe divulgará a lista definitiva.

A prova relativa à primeira fase foi aplicada no dia 17 de maio.

Índice baixo – Este (12%) é o menor índice de aprovação na primeira fase registrado em São Paulo até hoje – no Exame 126, aplicado em maio de 2005, considerado aquele com piores índices, houve 12,23% de aprovados na primeira fase e 7,16% na segunda.

No exame anterior, de nº 137, aplicado em janeiro deste ano, os aprovados na primeira fase atingiram quase 49%, o segundo maior índice da história dos exames paulistas, atrás apenas do Exame 122, de dezembro de 2003, que registrou 50,12%.

No quadro nacional, em relação ao número de aprovação, São Paulo ocupou a 24ª posição entre os 26 estados que realizaram o exame. Os índices paulistas superam apenas os de Mato Grosso (11,8%) e do Amapá (11,6%).

Para o presidente da entidade, Luiz Flávio Borges D’Urso, a culpa de tamanha reprovação é da falta de qualidade do ensino, e não da prova. “Em Sergipe, por exemplo, que ficou em primeiro lugar no país, 33% dos candidatos foram aprovados, mas lá existe um número reduzido de faculdades de Direito. São Paulo tem mais de 200 instituições de ensino jurídico. Portanto, ficou claro que problema não está no Exame, mas na preparação dos bacharéis”, afirmou ele, em nota à imprensa.

Segunda fase – Na próxima fase, daqui a duas semanas, os candidatos selecionados se submeterão à prova prático-profissional, dividida em duas partes, as quais compreenderão a área escolhida pelos bacharéis no ato de inscrição (Direito Administrativo, Civil, Constitucional, do Trabalho, Empresarial, Penal ou Tributário).

Nela, deverão responder a cinco questões sob a forma de situações-problema, valendo um ponto cada uma, e redigir uma peça profissional, que terá o valor de cinco pontos. Será permitida aos candidatos a consulta a legislação, livros de doutrina e repertórios jurisprudenciais. Aqueles que conquistarem, no mínimo, seis pontos serão finalmente aprovados e terão o aval da OAB para exercer a advocacia.

Lygia Roncel

+ Resumo Empregos Exame de Ordem

Exame de Ordem
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Judiciária / Jurídica, Educação
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda

16/06/2010 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas