MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Acordo entre Microsoft e sindicato dos EUA pode impactar futuro do mercado de trabalho

A AFL-CIO é composta por 60 sindicatos e representa cerca de 12,5 milhões de trabalhadores nos EUA. Microsoft enfatiza que o objetivo da IA é aumentar a produtividade dos trabalhadores

Esta não é a primeira vez que a Microsoft adota uma postura de neutralidade trabalhista
Esta não é a primeira vez que a Microsoft adota uma postura de neutralidade trabalhista - Freepik
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 12/12/2023, às 15h29 - Atualizado às 16h01

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Em um movimento inovador, a Microsoft e a maior federação sindical dos Estados Unidos, a AFL-CIO, revelaram um acordo abrangente sobre o papel da inteligência artificial (IA) e o impacto no futuro do mercado de trabalho. Esta colaboração, sem precedentes, surge em meio a crescentes preocupações sobre a substituição de trabalhadores humanos pela IA, levantando temores de desemprego em escala global.

Uma das cláusulas do acordo estabelece que a Microsoft manterá uma posição neutra diante dos esforços sindicais para incentivar os trabalhadores a se tornarem membros. Esta postura diverge da maioria das empresas de tecnologia, que frequentemente se opõem aos esforços de sindicalização.

A AFL-CIO, composta por 60 sindicatos representando aproximadamente 12,5 milhões de trabalhadores, enfatiza que a postura da Microsoft se destaca em um setor onde a resistência à sindicalização é predominante.

Esta não é a primeira vez que a Microsoft adota uma postura de neutralidade trabalhista

A gigante de tecnologia já havia concordado anteriormente com um acordo legalmente vinculante durante a aquisição da Activision Blizzard, quando os funcionários manifestaram interesse em se sindicalizar.

Além disso, a Microsoft reforça seu compromisso com a OpenAI, responsável pelo desenvolvimento do ChatGPT, ao investir mais de 10 bilhões de dólares (quase R$ 50 bilhões) na startup. O crescente interesse em inteligência artificial generativa, que utiliza dados para criar conteúdos inovadores, levanta questões sobre mudanças estruturais no mercado de trabalho, potencialmente tornando alguns empregos obsoletos.

A gigante da tecnologia destaca a importância de abordar o avanço da inteligência artificial com consideração às necessidades dos trabalhadores, permitindo que tenham voz e ofereçam feedbacks que influenciem o desenvolvimento dessa tecnologia.

A Microsoft enfatiza que o objetivo da IA é aumentar a produtividade dos trabalhadores e aliviar o trabalho pesado, traduzindo esses ganhos de eficiência em padrões de vida mais elevados, em vez de contribuir para o desemprego.

Brad Smith, presidente da Microsoft, afirma que o acordo de neutralidade representa um compromisso claro sobre como a empresa colaborará com a AFL-CIO e suas afiliadas, caso haja funcionários ou fornecedores interessados na formação de um sindicato. 

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concurso

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.