MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Alívio no Bolso: Preço da cesta básica cai em 14 capitais, aponta Dieese

Segundo levantamento realizado pelo Dieese o preço da cesta básica caiu em 14 das 17 capitais pesquisadas; Maior queda ocorreu em Brasília (-4,03%)

Brasileiros fazem compras em supermercado
Brasileiros fazem compras em supermercado - Agência Brasil
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 05/10/2023, às 15h45

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O preço da cesta básica no país caiu em 14 capitais das 17 pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), que realiza uma pesquisa mensal sobre os valores da cesta de alimentos. 

No mês de setembro as maiores quedas ocorreram em Brasília (-4,03%), Porto Alegre (- 2,4%) e Campo Grande (-2,3%). Por outro lado, algumas capitais apresentaram aumentos nos preços dos alimentos básicos, com destaque para Vitória, que teve um aumento de 3,1%, seguida de Natal, com 3%, e Florianópolis, com 0,5%.

Florianópolis se destacou como a capital com o maior custo agregado para a cesta básica, chegando a R$ 747,64, seguida por Porto Alegre (R$ 741,71), São Paulo (R$ 734,77) e Rio de Janeiro (R$ 719,92). As menores despesas foram registradas em Aracaju (R$ 532,34), João Pessoa (R$ 562,60) e Recife (R$ 570,20).

Ao comparar os preços da cesta básica de setembro de 2023 com o mesmo mês do ano anterior, observamos uma queda em oito capitais, variando de -4,9% em Campo Grande a -0,3% em Porto Alegre. Por outro lado, nove capitais apresentaram aumento nos preços, com maiores percentuais em Fortaleza (3,1%), Natal (3%) e Aracaju (2,6%).

No acumulado dos nove primeiros meses deste ano, de janeiro a setembro, o custo da cesta básica caiu em 12 capitais, com quedas expressivas em Goiânia (-10,4%), Campo Grande (-9,2%) e Brasília (-9,1%). Em contrapartida, os maiores aumentos foram registrados em Natal (2,5%), Aracaju (2,1%) e Recife (0,9%).

+ INSS LIBERA pagamento de aposentadorias para novo grupo de beneficiários

Veja produtos em queda 

No cenário dos preços dos alimentos, foram observadas mudanças significativas em diversas capitais do país. A carne bovina de primeira teve uma redução de valores em 15 das 17 capitais analisadas. O leite integral e a manteiga também acompanharam essa tendência de queda em 14 delas. 

O feijão carioquinha viu seu preço diminuir em todas as regiões onde é pesquisado, abrangendo o Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Belo Horizonte e São Paulo. O café em pó, por sua vez, teve reduções de preço em 13 das 17 capitais, e a batata teve uma queda generalizada em todas as dez cidades onde é monitorada no Centro-Sul do país.

Por outro lado, o feijão tipo preto apresentou um aumento de preço em quatro das cinco capitais em que é pesquisado, englobando a região Sul, Rio de Janeiro e Espírito Santo. O arroz agulhinha também viu seus valores subirem em 15 das 17 capitais avaliadas.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.