MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Aumento alarmante: SUS registra quase 7 mil amputações por diabetes em 2023

Especialista enfatiza a necessidade de combater os males associados ao diabetes, destacando também o papel do cigarro como fator de risco

Foi feito investimento milionário no custeio de equipes multiprofissionais na Atenção Primária à Saúde
Foi feito investimento milionário no custeio de equipes multiprofissionais na Atenção Primária à Saúde - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 14/11/2023, às 20h55

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Entre janeiro e agosto deste ano, o Sistema Único de Saúde (SUS) contabilizou 6.982 amputações de membros inferiores (pernas e pés) decorrentes de complicações do diabetes, o que equivale a uma média de mais de 28 casos por dia. Os números, divulgados pelo Ministério da Saúde, revelam um aumento constante nesse tipo de procedimento, com 10.168 amputações em 2022, um aumento de 3,9% em relação a 2021.

O diabetes tornou-se a principal causa de amputações não traumáticas em membros inferiores no Brasil, superando as amputações decorrentes de acidentes de trânsito ou trabalho, conforme a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD). A entidade alerta que 13 milhões de pessoas com diabetes têm úlceras nos pés, conhecidas como "pés diabéticos", podendo levar a amputações.

O presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes, Levimar Araújo, enfatiza a necessidade de combater os males associados ao diabetes, destacando também o papel do cigarro como fator de risco. A Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé (ABTPé) destaca o pé diabético como uma complicação grave, com consequências devastadoras que podem resultar na amputação de dedos, pés ou pernas.

Foi feito investimento milionário no custeio de equipes multiprofissionais na Atenção Primária à Saúde

O alerta sobre as complicações ocorre no Dia Mundial do Diabetes, celebrado em 14 de novembro. A campanha da Organização Mundial de Saúde (OMS) em 2023 tem como tema "Educação para Proteger o Futuro", destacando a importância de melhorar o acesso à educação de qualidade sobre a doença.

A neuropatia periférica causada pelo diabetes é apontada como a principal responsável pela perda de sensibilidade nos pés, dificultando a percepção de lesões ou feridas. O controle glicêmico é apontado como fundamental para postergar as complicações neurológicas e prevenir amputações.

Em resposta à Agência Brasil, o Ministério da Saúde informou que desenvolve estratégias para promover a saúde e prevenir as condições crônicas relacionadas ao diabetes, incluindo o acompanhamento nutricional, estímulo a hábitos saudáveis e o credenciamento de novos polos da Academia da Saúde.

Em 2023, foram investidos mais de R$ 870 milhões no custeio de equipes multiprofissionais na Atenção Primária à Saúde.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.