MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Auxílio Brasil: Governo injetará mais de R$ 90 bilhões com o benefício, afirma ministro

O ministro da Cidadania, João Roma, aponta que além da ajuda financeira do Auxílio Brasil, os beneficiários contam com descontos na conta de energia elétrica

Victor Meira - victor@jcconcursos.com.br
Publicado em 08/02/2022, às 10h06

Auxílio Brasil: Governo injetará mais de R$ 90 bilhões com o benefício
Auxílio Brasil: Governo injetará mais de R$ 90 bilhões com o benefício - JC Concursos
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O ministro da Cidadania, João Roma, destacou que o Auxílio Brasil, o novo programa de transferência de renda, deve injetar mais de R$ 90 bilhões na economia em 2022. A declaração foi concedida em uma entrevista ao programa “A Voz do Brasil”, na última segunda-feira (08).

De acordo com Roma, o governo federal ainda pagará mais um aditivo do auxílio emergencial para homens chefes de família. A verba, que inicialmente era prioritária para mulheres chefes de família, foi liberada para homens também após um movimento do Congresso Nacional no fim de 2021 para este grupo. O ministro afirmou que a parcela será paga em breve pela Caixa.

“São vários programas que vão além da proteção social, mas também buscar a transformação social para as famílias brasileiras. Estamos conseguindo fortalecer com o programa permanente de transferência de renda, que é o Auxílio Brasil, mais de 17 milhões de famílias necessitadas em todo o Brasil”, destaca o ministro.

Além dos auxílios financeiros, Roma relata sobre a concessão da Tarifa Social de Energia Elétrica vinculada ao cadastro do Auxílio Brasil, que é feito por meio do CadÚnico. Ele disse que o sistema ajuda cerca de 24 milhões de famílias, que recebem o desconto da tarifa de energia elétrica de forma automática na fatura. 

“Você que está em casa, verifique sua conta de luz”, alertou Roma. Ele ainda lembra que o sistema seleciona automaticamente os cadastros aptos do CadÚnico e aplica o benefício. “Se não chegou o desconto e está em situação de necessidade, basta ir no Centro Regional de Assistência Social (CRAS) e atualizar o CadÚnico para receber o desconto”, complementou.

FGTS para afetados pelas chuvas na Bahia e Minas Gerais

Sobre as fortes chuvas que causaram inundações, enchentes e destruição em diversas localidades no Nordeste e no Sudeste, João Roma afirmou que o Ministério da Cidadania age com celeridade para tentar levar conforto e ajuda a todos os municípios afetados por catástrofes naturais.

“Muitas famílias necessitadas. Vivemos isso no local. Vimos muitos relatos de famílias que perderam tudo que tinham com a força das águas, de maneira muito traiçoeira. O governo federal está mobilizado, ajudando prefeituras e essas famílias”, explicou o ministro.

*com informações da Agência Brasil

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.