Auxílio Brasil de R$ 400,00 terá reajuste com a alta da inflação? Confira

Auxílio Brasil sofre com a alta da inflação e já demonstra que valores ficarão defasados ao longo de 2022. Saiba qual índice pode reajustar o benefício social adquirido

Ricardo de Oliveira - jrloliveira@jcconcursos.com.br
Publicado em 04/01/2022, às 14h04

Reajuste do Auxílio Brasil 2022 - Entenda como funciona
Reajuste do Auxílio Brasil 2022 - Entenda como funciona - Auxílio Brasil

O ano mal começou e muitas dúvidas já surgem em torno da alta da inflação em 2022. E o Auxílio Brasil é deles, pois o benefício social também sofre impacto negativo com o escalada dos preços em diversos setores, uma vez que o poder de compra do cidadão diminui até mesmo para os itens básicos.

Mesmo com o repasse de R$ 400,00, superior ao Bolsa família, recentemente substituído pelo atual governo Bolsonaro, o Auxílio Brasil ainda mostra fraquezas para sustentar uma família em situação de pobreza.

Proposta de reajuste automático do Auxílio Brasil

Em novembro do ano passado, o deputado Marcelo Aro, relator da Medida Provisória (MP) do Auxílio Brasil, incluiu no texto um gatilho para o benefício ser reajustado automaticamente pela inflação medida pelo INPC (Índice de preços no consumidor), mesmo índice que reajusta salários e aposentadorias.

Sendo assim, o reajuste incidiria sobre o valor nominal de R$ 224, não os R$ 400 prometidos para 2022, já que esse valor ainda é visto como emergencial e tem prazo de validade até dezembro deste ano, podendo ser revisto em 2023 por um possível novo governo.

Contudo, a Medida Provisória perdeu validade no dia 07 de dezembro de 2021.

Critérios do Auxílio Brasil

O deputado Marcelo Aro também disse que fez outras mudanças no texto como:

  • Critérios de acesso ao programa, com valor da linha de extrema pobreza subindo de R$ 100 para R$ 105 e da linha de pobreza de R$ 200 para R$ 210. Antes, os valores eram de R$ 89 e R$ 178, respectivamente.
  • Fim da limitação de cinco beneficiários por família
  • Opção de saque em dinheiro do benefício na caixa lotérica
  • Criação de meta de desempenho
  • Separação dos benefícios do núcleo de combate à pobreza e dos de transformação social
  • Inclusão da nutriz na composição familiar.

Os itens citados acima foram incorporados no novo benefício social aprovado.

Quem tem direito e como funciona?

Os benefícios básicos de transferência de renda (Auxílio Brasil) serão concentrados em três grupos:

  • Benefício Primeira Infância: contempla famílias com crianças entre zero e 36 meses incompletos.
  • Benefício Composição Familiar: atende jovens de 18 a 21 anos incompletos. O objetivo é incentivar esse grupo a permanecer nos estudos para concluir pelo menos um nível de escolarização formal.
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: Se mesmo após receber os benefícios anteriores, a renda mensal per capita da família não superar a linha da extrema pobreza, essa família terá direito a um apoio financeiro sem limitações relacionadas ao número de integrantes do núcleo familiar.

Demais benefícios também poder ser acessados aqui.

concursos 2022empregosSociedade

Comentários

Mais Lidas