MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Bilionário Elon Musk chama Putin para guerra de argumentos. Saiba qual é o prêmio para quem vencer

Elon Musk chama Putin para guerra de argumentos em publicação no Twitter nesta segunda (14); Conheça qual é o prêmio para quem vencer a batalha

Jean Albuquerque | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 14/03/2022, às 18h40

Bilionário Elon Musk chama Putin para guerra de argumentos
Bilionário Elon Musk chama Putin para guerra de argumentos - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O bilionário Elon Musk chama Putin, o presidente russo, nesta segunda-feira (14) para a guerra de argumentos. O motivo da declaração de Musk é o conflito armado contra a Ucrânia, que já dura 19 dias. 

As negociações entre os países para cessar fogo na guerra Rússia x Ucrânia deve ser retomado amanhã (16). Hoje, um bombardeio atingiu um prédio residencial e uma fábrica de aviões na capital Kiev, do país do Leste Europeu. 

Até o momento, o conflito já produziu 500 soldados russos mortos, a morte de 1,3 soldados ucranianos, bem como a estimativa de mais de 2,5 mil civis mortos em Mariupol, leste da Ucrânia, além de produzir 2,8 milhões de refugiados. 

Elon Musk chama Putin para guerra de argumentos. Saiba qual o prêmio 

Em publicação no Twitter, Elon Musk desafiou Putin para um duelo. Nas redes sociais, o bilionário de origem sul-africana escreveu. "Desafio Vladimir Putin para um combate. O prêmio é a Ucrânia", disse o fundador da empresa espacial SpaceX.

Em outra publicação, Muska perguntou, em russo, ao se dirigir diretamente à conta oficial do Kremlin no Twitter em inglês. "Aceita essa luta?", perguntou.

Aos mais de 77 milhões de seguidores, Elon garantiu que falava “muito sério”. Até o momento não houve reação do governo russo. Ele já havia demonstrado apoio a Kiev. No início de março twittou, "Ucrânia, fique firme" e saldou "o grande povo da Rússia, que não quer" a guerra.

Para facilitar a comunicação no país em conflito, Musk já havia respondido ao pedido de uma autoridade ucraniana, quando ativou o serviço de internet via satélite Starlik na Ucrânia e também enviou equipamentos para ajudar a levar a conectividade para as zonas do país afetadas pela ofensiva militar do exército russo. 

Mais polémicas

O bilionário está acostumado a dar declarações polêmicas nas redes sociais. No mês passado, ele acusou o regulador do mercado de ações dos Estados Unidos de tentar limitar a sua liberdade de expressão após a imposição de várias sanções contra o fundador da SpaceX. 

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.