Caixa credita auxílio emergencial para beneficiários nascidos em julho

O auxílio emergencial de R$ 300 foi criado para amenizar a crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus

Redação
Publicado em 12/11/2020, às 09h29

None
Divulgação

Nesta quinta-feira (12), foi creditado o auxílio emergencial para os beneficiários nascidos em julho para 3,6 milhões de pessoas. Segundo a Caixa, foram liberados mais de R$ 1,4 bilhão injetados na economia e faz parte do ciclo 4.

Desse total, 662,6 mil receberão R$ 434,9 milhões referentes às parcelas do auxílio emergencial. Os demais, 2,9 milhões, serão contemplados com a segunda parcela do auxílio emergencial residual, em um montante de R$ 956,4 milhões.

Os valores podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem para pagamento de boletos, compras na internet e pelas maquininhas em mais de 1 milhão de estabelecimentos comerciais.

O benefício criado em abril pelo Governo Federal foi estendido até 31 de dezembro por meio da Medida Provisória (MP) nº 1000. O Auxílio Emergencial Extensão será pago em até quatro parcelas de R$ 300 cada e, no caso das mães chefes de família monoparental, o valor é de R$ 600.

Segundo a Caixa, não há necessidade de novo requerimento para receber a extensão do auxílio. Somente aqueles que já foram beneficiados e, a partir de agora, se enquadram nos novos requisitos estabelecidos na MP, terão direito a continuar recebendo o benefício.

Saques e transferências para quem recebe o crédito nesta quinta-feira serão liberados a partir do dia 26 de novembro.

*trechos com reprodução Agência Brasil

Comentários

Mais Lidas