MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Capacitação de agentes de segurança: Governo Federal anuncia 100 mil bolsas

Governo Federal anuncia oferta de 100 bolsas no valor de R$ 900 cada para capacitação de agentes de segurança em todo o país; Saiba os detalhes

Policias militares
Policias militares - PM do Rio de Janeiro
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 27/09/2023, às 14h42

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O governo federal lançou o Projeto Bolsa Formação, no âmbito do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci 2), oferecendo 100 mil bolsas no valor de R$ 900 cada para capacitar agentes de segurança em todo o país.

Os cursos serão direcionados aos eixos do Pronasci 2 e beneficiarão policiais militares, civis, penais, bombeiros militares, membros de órgãos oficiais de perícia criminal e guardas municipais, desde que seus estados aderiram à iniciativa.

Durante a cerimônia de assinatura da portaria que detalha o projeto, o ministro da Justiça, Flávio Dino, destacou que a bolsa será não apenas um incentivo financeiro, mas também um estímulo moral e ético para os agentes de segurança. 

A expectativa do governo é de que com essa iniciativa seja possível promover o desenvolvimento de trabalhos conjuntos entre os governos federal, estadual e municipal.

O Pronasci 2 concentra-se em temas prioritários, incluindo a prevenção da violência contra as mulheres, a luta contra o racismo estrutural e políticas de segurança pública voltadas para áreas vulneráveis com altos índices de violência.

Os primeiros cursos estão programados para começar em novembro. A coordenadora do Pronasci, Tamires Sampaio, enfatiza a importância da atualização contínua para os agentes de segurança, pois as mudanças na sociedade impactam diretamente no sistema de segurança.

+ Lula faz fala capacitista ao se referir a recuperação de cirurgia que será realizada em outubro

O que é o Pronasci? 

O retorno do Pronasci conta com eixos prioritários para o fomento das políticas de segurança pública com cidadania e, ainda, tendo como foco os territórios mais vulneráveis que possuem maior índice de violência. 

Além disso, o combate ao racismo estrutural; apoio às vítimas da criminalidade e o fomento às políticas de cidadania, com foco no trabalho e ensino formal e profissionalizante para presos e egressos.

Todos os eixos integram o Plano Nacional de Segurança Pública, que prevê a redução da taxa nacional de homicídios para abaixo de 16 mortes por 100 mil habitantes, a redução da taxa nacional de lesão corporal seguida de morte, e redução total de mortes violentas de mulheres até 2030. 

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.