MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Casa Verde e Amarela: renda maior é aprovada por conselho do FGTS; veja valores

Conselho do FGTS aprovou nesta quinta (7) aumento de renda para ingresso no programa Casa Verde e Amarela; medidas ampliam capacidade de financiamento

Jean Albuquerque | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 07/07/2022, às 20h43

Um chaveiro com chaves
Um chaveiro com chaves - Freepik - Casa Verde Amarela aumenta faixa de renda
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O conselho curador do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) aprovou nesta quinta-feira (7) o aumento da faixa de renda para o programa Casa Verde e Amarela. Os novos valores têm a expectativa de entrar em vigor a partir de 18 de julho. 

As famílias que possuem renda de até R$ 8 mil passarão a ter acesso ao programa habitacional da Caixa. Com as mudanças, cada faixa tem subsídios e programas diferenciados. 

De acordo com o Conselho Curador do FGTS, as faixas de renda foram atualizadas para que o programa habitacional pudesse ser destravado, além de fazer com que as condições fiquem melhores para as construtoras que são pressionadas pelos juros altos, aumento dos cursos e inadimplência. 

+++ Censo 2022: IBGE inicia convocação de aprovados no processo seletivo de recenseador

Novos valores do programa Casa Verde e Amarela?

  • Grupo 1 - famílias que possuem renda total de até R$ 2,4 mil 
  • Grupo ⅕ - famílias que possuem renda total de R$ 2,6 mil a R$ 3 mil
  • Grupo 2 - famílias que possuem renda total de R$ 3 mil a R$ 4,4 mil 
  • Grupo 3 - famílias que possuem renda total de R$ 4,4 mil a R$ 8 mil 

Alfredo Santos, ministro nacional da habitação do Ministério do Desenvolvimento Regional, afirmou à Agência Brasil que as medidas aumentaram a capacidade de financiamento das famílias em até 19 mil reais.

Com mais famílias aproveitando a faixa mais baixa do programa, a redução dos juros ficará entre 0,75 e 1,16 pontos percentuais, dependendo da renda do mutuário. Taxas de juros mais baixas beneficiaram 31% da carteira da Casa Verde e Amarela, disse ele.

Também foi aprovado o programa Pró-Cotista de isenção de juros para quem não pode usar a Casa Verde e Amarela pelo Conselho Curador do FGTS. Neste caso, a taxa de juros anual para imóveis de até R$ 350 mil cairá de 8,66% para 7,66%. Os juros das unidades acima desse valor caíram de 8,66% ao ano para 8,16% ao ano.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.