MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Censo 2022 inicia amanhã: pesquisa é importante para o pagamento do Auxílio Brasil

O Censo 2022 será realizado de 1º de agosto até o dia 31 de outubro de 2022 em todo país. Saiba a importância de receber os recenseadores aprovados no concurso IBGE e responder ao questionário de forma correta

MYLENA LIRA | REDACAO@JCCONCURSOS.COM.BR
Publicado em 31/07/2022, às 15h59

Celular com aplicativo do Auxílio Brasil e notas de cinquenta e cem reais ao fundo
Celular com aplicativo do Auxílio Brasil e notas de cinquenta e cem reais ao fundo - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O Censo 2022 terá início amanhã e 180 mil recenseadores aprovados no concurso do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) vão visitar cerca de 70 milhões de residências espalhadas pelos 5.570 municípios brasileiros entre os dias 1º de agosto e 31 de outubro de 2022. Talvez você tenha clicado nesta notícia e esteja se perguntando qual é a relação do Censo com o Auxílio Brasil.

A resposta é: toda. O Censo começou em 1872 e foi realizado pela última vez em 2010 e tem o objetivo de retratar detalhes minuciosos sobre as condições de vida da população em todo o território nacional, servindo de base para diversas políticas públicas.

O Censo é uma operação importante para o país porque permite conhecer os detalhes de como a população vive, mapear o nível de renda das famílias, quantas são as pessoas e onde elas estão, identificando as regiões mais vulneráveis. Desta forma, é possível direcionar os investimentos e a atuação estatal.

Portanto, responder as perguntas feitas pelos recenseadores, que podem contatar de forma presencial ou via ligação telefônica, é essencial para ajudar o governo a atualizar os dados básicos que podem contribuir com a melhoria dos benefícios sociais, entre eles o Auxílio Brasil.

A pandemia atrasou a coleta das informações sobre os brasileiros. A pesquisa nacional é feita a cada 10 anos, portanto deveria ter ocorrido em 2020, mas foi adiada por conta da crise sanitária. Sem o Censo atualizado, muitos prefeitos não sabiam exatamente qual era a população de suas cidades. Com isso, alguns municípios receberam vacina a mais e outros, a menos.

+Concurso IBGE: inscrições prorrogadas para 15.075 vagas de recenseador

Responder questionário demanda poucos minutos

O Censo vai contemplar dois questionários: um menor, que demora aproximadamente cinco minutos para ser preenchido; e outro maior, que o cidadão vai levar em torno de 16 minutos para responder. Porém, apenas cerca de 10% da população vai precisar responder ao questionário mais completo.

Para Cimar Azeredo, diretor de Pesquisas do IBGE, receber o recenseador é um ato de cidadania: "é como votar, como tirar um documento", ressaltou.Todos os pesquisadores estarão identificados com boné, colete e crachá. Dentro do crachá há um QR Code que pode ser lido pelo celular.

Com isso, o cidadão pode confirmar o nome e a foto do recenseador e verificar se ele pertence ao quadro de servidores do Instituto. Em caso de dúvida, basta ligar para o IBGE no número 0800 721 8181. A confirmação é importante para evitar cair em eventuais golpes.

“O Censo é fundamental para você, para o país, para todo mundo. É importante que um país se conheça. E é fundamental receber o recenseador do IBGE, tratar o recenseador com cordialidade, responder corretamente ao Censo. Se, por acaso, o seu domicílio não for recenseado, procure o IBGE, não fique de fora”, ressaltou Azeredo.

+Vale refeição e alimentação podem ser pagos em dinheiro ao trabalhador

Auxílio Brasil e Censo 2022

O Ministério da Cidadania, pasta responsável pelo repasse do Auxílio Brasil, já confirmou que utiliza dados do Censo para avaliar o nível de vulnerabilidade social dos beneficiários. Afinal, o programa não consegue contemplar todo mundo e o ministério depende de algumas informações para priorizar quem deve receber primeiro.

Além de levar em conta a identificação dos municípios com menor cobertura, priorizando os moradores com menor renda familiar mensal per capita; a presença de mais membros menores de 18 anos; e famílias que estejam habilitadas de forma ininterrupta há mais tempo, são consideradas prioritárias:

  • famílias com integrantes em situação de trabalho infantil;
  • famílias com integrantes libertos de situação análoga à de trabalho escravo;
  • famílias quilombolas;
  • famílias indígenas;
  • famílias com catadores de material reciclável; e
  • outras categorias, quando permitidas e fundamentadas pelo Ministério da Cidadania.

No final do mês passado, mais de 3 milhões de pessoas estavam na fila de espera pelo Auxílio Brasil, que atendeu 18,13 milhões de famílias em julho. Além do benefício principal, que passará para R$ 600,00 em agosto, é possível receber valor extra de acordo com os perfis das famílias, como a Bolsa Esporte Escolar, a Bolsa de Iniciação Científica e a Inclusão Produtiva Rural.

Novidades do Censo 2022

Entre as novidades introduzidas pelo Censo 2022 está a maior identificação de pessoas que vivem em comunidades quilombolas e em comunidades indígenas, que terão questionários específicos. A pesquisa também conta com perguntas específicas para pessoas com deficiência e para pessoas diagnosticadas por profissional de saúde com transtorno do espectro autista (TEA).

O IBGE conta este ano com um data center para auxiliar no processamento das informações do Censo Demográfico 2022. A infraestrutura tecnológica preparada para o Censo deste ano permitirá que os resultados sejam divulgados de forma mais célere, ao contrário do que ocorreu em edições anteriores.

A meta é publicar, no início de 2023, as primeiras informações. Em dezembro de 2022, serão divulgados resultados preliminares do Censo referentes à população. Os resultados sobre domicílio, pirâmide etária, escolaridade e mercado de trabalho serão disponibilizados ao longo do ano de 2023.

*com informações da Agência Brasil

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.