MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Cidades do Maranhão são investigadas pela PF por superfaturamento na extração de dentes

De acordo com a PF, foram realizadas mais de 540 mil extrações de dentes em uma cidade com apenas 39 mil habitantes. Cada habitante precisaria ter extraído 14 dentes em 2021

Contratações no valor de R$ 16 milhões foram realizadas nas cidades do Maranhão para extração de dentes
Contratações no valor de R$ 16 milhões foram realizadas nas cidades do Maranhão para extração de dentes - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 02/03/2023, às 19h09

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Na manhã desta quinta-feira (2), a Polícia Federal (PF) realizou uma operação em quatro municípios do interior do Maranhão para desarticular um grupo criminoso que inseria supostamente dados manipulados nos sistemas de saúde pública.

Essa ação permitia que o grupo aumentasse o teto de repasses de recursos federais. A maior parte do dinheiro recebido irregularmente provinha de emendas parlamentares do chamado orçamento secreto, que era desviado por meio de pagamentos superfaturados.

Segundo informações da Polícia Federal, o município de Pedreiras, que possui apenas 39 mil habitantes, informou a realização de mais de 540 mil extrações de dentes. Isso significa que, em média, cada morador teria extraído 14 dentes somente em 2021.

+++ Trabalho por aplicativo: governo federal estuda proposta para regulamentar atividade. Entenda

Contratações no valor de R$ 16 milhões foram realizadas nas cidades do Maranhão

Na contratação de serviços, a Controladoria-Geral da União (CGU) constatou um superfaturamento superior a R$ 500 mil. Uma das empresas investigadas, suspeita de utilizar um sócio "laranja", teria recebido uma das maiores quantias de recursos públicos da área da saúde no período de 2019 a 2021, no estado do Maranhão.

Foram realizadas contratações no valor de mais de R$ 16 milhões, tanto para ações de média e alta complexidade quanto para a atenção básica. Onze mandados de busca e apreensão foram cumpridos, além de medidas cautelares, como o bloqueio de R$ 1,8 milhão e a suspensão dos direitos dos empresários e empresas de participarem de licitação ou contratar com órgãos públicos.

A produção da Agência Brasil entrou em contato com as prefeituras mencionadas, mas ainda não obteve resposta.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.