MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Cresce número de eleitores idosos e despenca entre jovens. Veja estatísticas das últimas eleições

O número de eleitores idosos cresceu nas últimas eleições, já entre os jovens, de 16 e 17 anos, o interesse em participar do pleito eleitoral caiu; entenda

Jean Albuquerque | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 27/04/2022, às 17h13

Cresce número de eleitores idosos e despenca entre jovens
Cresce número de eleitores idosos e despenca entre jovens - Agência Brasil
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Os dados do Superior Tribunal Eleitoral (TSE) mostram que nas últimas eleições, cresceu o número de eleitores idosos e despencou o interesse dos jovens — para esse público o voto é facultativo — no processo eleitoral do país. Veja as estatísticas. 

Só para se ter uma ideia, os números disponibilizados pelo TSE dão conta de que os eleitores com 60 anos ou mais representaram 30,2 milhões, ou 20,4% do eleitorado deste ano. Já entre os jovens, de 16 e 17 anos, pouco mais de 1 milhão estão aptos a votar. 

+++ Regiões com extrema pobreza incorporam mais benefícios além do Auxílio Brasil. Veja quais

Cresce número de eleitores idosos e despenca entre jovens; saiba mais 

O perfil do eleitor brasileiro tem mudado nos últimos anos, com aumento do número de eleitores idosos. Os eleitores com 60 anos ou mais representaram 30,2 milhões, ou 20,4% do eleitorado deste ano. 

Essa porcentagem é considerada maior do que nas eleições anteriores, quando chegaram a 18,8%. Há vinte anos, os idosos representavam apenas 13,2%. Os juízes eleitorais registraram 148,3 milhões de eleitores até março deste ano. Isso é um aumento de quase 30% em 20 anos. 

No caso dos jovens de 16 e 17 anos, votar é opcional e menos eleitores têm se registrado para títulos nessa idade. Atualmente, pouco mais de 1 milhão de jovens de 16 e 17 anos estão registrados no juiz eleitoral, ante 1,4 milhão na última eleição. A eleição de 2002 teve 2,2 milhões de eleitores nessa faixa etária.

Saiba qual a região do país com mais eleitores 

Ainda segundo os dados disponibilizados pelo TSE, a região sudeste concentra 42,6% do total de eleitores do país, o que representa o número de 63,2 milhões de eleitores. Mesmo tendo o maior número de eleitores do Brasil, a região Norte registrou um crescimento mais rápido nos últimos anos, chegando a atingir 11,8 milhões de eleitores. 

Só no estado do Pará, o número de eleitores passou de 3,6 milhões em 2002 para 5,7 milhões este ano. O eleitorado do Amapá quase dobrou, passando de 290 mil em 2002 para 529 mil neste ano. No entanto, apenas 16 milhões de eleitores pertencem a partidos políticos, representando 10,8% do total. A adesão é maior do que na eleição de 2002, quando atingiu 9,6 por cento do eleitorado.

Eleitores têm poucos dias para regularizar título de eleitor 

Os brasileiros precisam ficar atentos ao prazo para a regularização do título de eleitor que está no fim. Quem deseja votar nas eleições deste ano, que acontecem no dia 2 de outubro, têm até o dia 4 de maio para resolver pendências com a Justiça Eleitoral. 

Segundo o calendário eleitoral aprovado pelo TSE, o cadastro eleitoral termina 150 dias antes do pleito. Depois desse período, não é possível realizar nenhuma alteração no documento, apenas é liberada a emissão da segunda via. 

No caso das eleições de 2022, o dia 2 de outubro é o momento em que os brasileiros vão às urnas para eleger presidente da República, governadores, senadores e deputados federais, estaduais e distritais. Fica para o dia 30 de outubro o segundo turno para os cargos de presidente e governador. 

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.