MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Declarações do IR começam com força total: Receita Federal já recebeu mais de 1 milhão de documentos

A entrega das declarações do IR iniciaram na manhã desta quarta-feira (15). Uma das novidades é a declaração pré-preenchida

Declarações do IR começam com força total: Receita Federal já recebeu mais de 1 milhão de documentos
Agência Brasil
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 15/03/2023, às 22h42

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Com a alteração no prazo de entrega, que entrou em vigor este ano, o número de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física enviadas no primeiro dia estabeleceu um novo recorde. Até as 17h de quarta-feira (15), foram entregues 1.050.023 declarações, quase dez vezes mais do que as 130.099 registradas no primeiro dia de envio em 2022.

A partir deste ano, houve uma mudança no prazo de entrega da declaração, que teve início às 9h de quarta-feira (15) e se estenderá até às 23h59min59s do dia 31 de maio. 

+Motoristas de São Paulo podem pagar multa de trânsito com 40% de desconto; Saiba como

De acordo com a Receita Federal, essa mudança foi necessária para permitir que todos os contribuintes tenham acesso à declaração pré-preenchida, que é disponibilizada duas semanas após o recebimento dos informes de rendimentos pelas empresas, planos de saúde e instituições financeiras.

Anteriormente, o prazo de entrega da declaração iniciava no primeiro dia útil de março e terminava no último dia útil de abril. Com o novo prazo, que começou mais tarde neste ano, mais contribuintes tiveram a oportunidade de enviar suas declarações logo no primeiro dia.

Além disso, outro fator que contribuiu para o recorde foi a antecipação da disponibilidade do programa gerador da declaração. Inicialmente previsto para ser liberado somente nesta quarta-feira (15), o programa foi disponibilizado já na quinta-feira passada (9).

+Dia do Consumidor: conheça os seus principais direitos ao fazer uma compra

Segundo a Receita Federal, espera-se que entre 38,5 milhões e 39,5 milhões de declarações sejam entregues este ano, superando o recorde registrado em 2022, quando o órgão recebeu 36.322.912 documentos. Aqueles que enviarem a declaração após o prazo estabelecido estarão sujeitos a uma multa de R$ 165,74 ou 20% do imposto devido, prevalecendo o valor mais alto.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil  no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.