MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Empréstimo consignado do Auxílio Brasil é suspenso pela Caixa; Dívida será perdoada?

A Caixa Econômica Federal divulgou hoje (13) que não vai mais liberar empréstimo consignado do Auxílio Brasil, benefício que voltou a se chamar Bolsa Família

Mulher segura notas de cem e cinquenta reais
Mulher segura notas de cem e cinquenta reais - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 13/01/2023, às 15h31

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Caixa Econômica Federal divulgou nesta sexta-feira, 13 de janeiro de 2022, que não vai mais liberar empréstimo consignado do Auxílio Brasil, benefício que voltou a se chamar Bolsa Família agora no governo do presidente Lula (PT). Segundo o banco estatal, essa linha de crédito está suspensa.

A institutição financeira, porém, não deixou claro se o consignado voltará a ser concedido. Em comunicado, a Caixa disse que o produto passará por uma "revisão completa de parâmetros e critérios".

Uma em cada seis pessoas que recebem o Auxílo Brasil pegaram empréstimo até o dia 1º de novembro, no valor médio de R$ 2.718,24, em ate 24 parcelas de R$ 160,00 a juros de 3,45% ao mês. As dívidas somam R$ 9,5 bilhões.

O crédito foi criado na gestão do ex-presidente Bolsonaro com a intenção de ganhar votos nas eleições e desvirtuaria o propósito do benefício social, de acordo com o novo ministro do Desenvolvimento Wellington Dias. Além disso, retira ajuda financeira das famílias que dependem do auxílio.

“É grave o problema dos endividados do Auxílio Brasil ou do Bolsa Família, o chamado consignado. Primeiro, já do ponto de vista da própria legalidade. O programa foi usado, no período de eleição, com objetivos claramente eleitorais. O presidente Lula já demonstrou sensibilidade com o tema desde a campanha”, disse Dias.

+Benefícios sociais: veja auxílios do governo federal para pessoas de baixa renda

Consignado do Auxílio Brasil: dívidas serão perdoadas?

Ao jornal O Estado de S.Paulo, Dias afirmou que existe "uma proposta de anistia para os endividados". Porém, ainda não há detalhes. A iniciativa faria parte de um programa maior de renegociação de dívidas, o Desenrola Brasil.

Porém, nesse momento, a Caixa informou que as contratações já realizadas não passarão por mudanças e as parcelas do financiamento serão debitadas de maneira regular e de acordo com cada contrato. A modalidade de crédito oferecia empréstimos aos beneficiários do Auxílio Brasil que podiam chegar a R$ 2,5 mil, pagos em até 24 parcelas de até R$ 160,00, descontadas diretamente do benefício.

+Pedágio por quilometragem: saiba como funciona e onde está instalado

Desta forma, o cidadão que fez a transação financeira não ganha o valor integral do auxílio, mas sim a quantia que sobra após o abatimento feito automaticamente pelo banco. Entre as vantagens de obter o empréstimo consignado estariam:

  • empréstimo a juros mais baixos, de até 3,45% ao mês;
  • sem comprometimento do salário, pois desconta direto do benefício social;
  • possibilidade de pagar dívidas atrasadas, como a de cartão de crédito, a juros menores;
  • possibilidade de investir no próprio negócio ou empreender.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.