MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Pedágio por quilometragem: saiba como funciona e onde está instalado

Entre as vantagens do novo sistema de livre passagem, sem cancela, está a cobrança de pedágio por quilometragem. Testes começam agora em janeiro

Motorista ao volante de veículo faz sinal positivo com a mão
Motorista ao volante de veículo faz sinal positivo com a mão - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 12/01/2023, às 21h57

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Quem gosta de parar em pedágio, muitas vezes enfrentando fila? Mesmo quem usa sistemas automáticos de liberação de cancela, como o Sem Parar, precisa, pelo menos, reduzir a velocidade para que os sensores façam a leitura da TAG e liberem a passagem. Porém, com a implantação do pedágio por quilometragem essas situações não existirão mais.

O Conselho Nacional de Trânisto (Contran) regulamentou o sistema de livre passagem em rodovias e vias urbanas no final do ano passado e a Resolução 984/2022 entrou em vigor nesta semana. Chamado de Free Flow, o novo modelo de cobrança por rodagem permite que os motoristas trafeguem sem necessidade de parar nas praças de cobrança.

A primeira rodovia a contar com a novidade será a Rio-Santos. A concessionária responsável, a CCR RioSP, vai instalar os pórticos que vão detectar a passagem do veículo neste mês e iniciará a operação em forma de teste, sem cobrança. A previsão é a de que a cobrança no novo sistema começe em março.

pedagio
Pedágio sem cancela / Divulgação: CCR

+Injúria racial terá mesma pena do crime de racismo; Entenda a equiparação

Pedágio por quilometragem: como funciona?

Nesse modelo, eliminan-se a presença de praças físicas. São instalados apenas pórticos com câmera para identificão das placas dos veículos e sistema com tecnologia de radiofrequência capaz de fazer a leitura da TAG de empresas de cobrança automática, como o Sem Parar, Veloe, entre outras.

No último caso, o motorista recebe a fatura da empresa com o valor a ser pago, de acordo com a quantidade de pedágios nos quais passou no mês. Quem não optar por contratar um serviço de TAG, que é fixada no parabrisa do carro, terá até 15 dias para pagar por PIX, WhatsApp ou pelo site da CCR.

O prazo é contato a partir do dia seguinte ao registro eletrônico e o motorista que não pagar nesse período receberá uma multa de trânsito. A atitude será considerada infração grave, punida com multa de R$ 195,23 e a inserção de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

pedagio por quilometragem
Pórtico com sistema Free Flow de cobrança automática / Divulgação: CCR

+Lula sanciona lei que institui CPF como registro único nacional; Veja benefícios

Locais dos novos pedágios e vantagens

A BR-101/RJ será a primeira rodovia federal a dispor do pedágio sem cancela ou pedágio de livre passagem. Inicialmente, todos ficarão no Rio de Janeiro, respectivamente, nos municípios de Itaguaí (Km 414), Mangaratiba (Km 447) e Paraty (Km 538).

O valor da tarifa será fixa, nesse primeiro momento, mas vai variar se a passagem pelo pedágio eletrônico for durante a semana ou no final de semana/feriado. Um ponto positivo do Free Flow é a possibilidade de pagamento proporcional de pedágio por quilometragem rodada, reduzindo as tarifas pagas pelos cidadãos. Porém, isso só deve ocorrer mais para frente, após o projeto-piloto ser testado e expandido para outras rodovias.

Além de tarifas menores por trecho percorrido, outra vantagem do Free Flow já conhecida é a melhora na fluidez do tráfego – sobretudo em rodovias que atravessam áreas urbanas, bem como a segurança do sistema de pagamento via etiqueta eletrônica (TAG), que está geralmente relacionado a um cartão de crédito, mas que também pode ser encontrado na modalidade pré-pago.

A exemplo das áreas de maior fluxo de veículos, como é o caso de Santiago no Chile, também foi verificada a redução da poluição atmosférica, visto que diminuem as retenções de veículos em horário de pico.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.