MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Fies: aumenta o limite de financiamento para curso de medicina

Decisão foi motivada pelos alunos que estavam considerando abandonar o curso de Medicina devido ao teto de financiamento anterior. Veja detalhes

Nova regra do Fies para cursos de Medicina entrará em vigor a partir do dia 14 de junho
Nova regra do Fies para cursos de Medicina entrará em vigor a partir do dia 14 de junho - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 01/06/2023, às 19h45

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Nesta quinta-feira (1º), o ministro da Educação, Camilo Santana, divulgou a elevação do limite de financiamento para estudantes que contratam o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o curso de Medicina. O novo valor estabelecido é de R$ 60 mil por semestre, permitindo um teto de até R$ 10 mil mensais.

Anteriormente, o limite do Fies era de R$ 8,8 mil por mês, totalizando R$ 52,8 mil por semestre. Essa mudança representa um aumento de R$ 7,2 mil no valor do financiamento durante todo o período.

O Fies é um programa do governo federal que oferece empréstimos aos alunos para pagamento das mensalidades em instituições de ensino superior privadas. Os estudantes também são responsáveis por uma coparticipação financeira, desembolsando uma parte do valor da mensalidade.

+++ Encceja 2023: inscrições terminam nesta sexta-feira (2)

Nova regra do Fies para cursos de Medicina entrará em vigor a partir do dia 14 de junho

A nova regra entrará em vigor a partir do dia 14 de junho, tanto para os novos alunos quanto para os que já estão matriculados. Em um vídeo divulgado nas redes sociais, o ministro explicou que a decisão foi motivada pelos alunos que estavam considerando abandonar o curso devido ao teto de financiamento anterior e ao aumento das mensalidades.

Essa medida foi tomada após uma reportagem publicada pelo portal G1, que relata a história de estudantes de medicina que estavam cogitando desistir do curso devido aos altos valores das mensalidades e ao limite do financiamento. O ministro mencionou indiretamente a reportagem, destacando a necessidade de agir diante da situação.

"Recentemente, saiu até uma reportagem que mostrava que os alunos queriam abandonar o curso porque as mensalidades estavam muito acima do que eles poderiam pagar às universidades", comentou Camilo Santana durante o anúncio do aumento no limite do Fies.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.