MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Google lança Gemini, modelo de IA que pode revolucionar a educação

Gemini superou a capacidade humana, inclusive ultrapassando o modelo GPT-4 da OpenAI. O modelo de IA Gemini, visa rodar em infraestruturas diversas. Veja como pode ser usado

Google implementará a nova IA nas respostas do Bard em inglês
Google implementará a nova IA nas respostas do Bard em inglês - Reprodução/Google
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 06/12/2023, às 16h13

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Nesta quarta-feira (6), o Google revelou o "Gemini", um modelo de inteligência artificial (IA) que a empresa descreve como o mais poderoso já criado por sua equipe. Embora atualmente disponível apenas em inglês e testável no Bard, concorrente do ChatGPT, o Gemini já impressionou ao analisar uma foto de um exercício de física, identificando erros de cálculo, apresentando soluções corretas e criando problemas semelhantes para os usuários resolverem.

O Google destaca que o Gemini não se limita a auxiliar estudantes em lições de casa, mas também se destaca em tarefas que demandam um alto nível de raciocínio lógico, incluindo programação em diversas linguagens. Em um teste abrangente que combina 57 temas, como matemática, física e história, o Gemini superou a capacidade humana, inclusive ultrapassando o modelo GPT-4 da OpenAI.

O modelo de IA mais flexível já desenvolvido pelo Google, o Gemini, visa rodar em infraestruturas diversas, desde grandes data centers até dispositivos móveis com recursos mais limitados, como celulares. O Gemini será lançado em três versões:

  • Gemini Ultra: Maior e mais poderoso, destinado a tarefas altamente complexas, será liberado apenas em 2024.
  • Gemini Pro: Voltado para uma ampla gama de tarefas, atendendo desenvolvedores e usuários, já está disponível desde hoje.
  • Gemini Nano: Projetado para dispositivos móveis, funcionará diretamente nos dispositivos, permitindo operação offline. Disponível inicialmente no Pixel 8 Pro, o celular do Google, para criar resumos de áudios e oferecer respostas inteligentes no WhatsApp.

Google implementará a nova IA nas respostas do Bard em inglês

A versão inicial para a maioria dos usuários será o Gemini Pro, aprimorando o raciocínio, planejamento e compreensão do Bard. A partir de agora, o Google implementará a nova IA nas respostas do Bard em inglês, com outros idiomas recebendo a atualização em breve.

No início de 2024, o Google lançará o Bard Advanced, integrando o Gemini Ultra. Além disso, produtos como Busca e Chrome serão integrados ao Gemini nos próximos meses. Desenvolvedores e empresas terão acesso ao Gemini Pro a partir de 13 de dezembro, através das plataformas Google AI Studio e Google Cloud Vertex AI.

Já o Gemini Ultra passará por verificações de segurança adicionais antes de ser disponibilizado para todos em 2024.

Veja alguns exemplos específicos de como o Gemini pode ser usado na educação:

  • Um professor pode usar o Gemini para avaliar o progresso de seus alunos. A IA pode analisar as respostas dos alunos a exercícios e identificar áreas que precisam de mais atenção.
  • Um aluno pode usar o Gemini para obter ajuda com uma tarefa difícil. A IA pode fornecer explicações passo a passo ou criar um plano de estudo personalizado.
  • Um desenvolvedor de materiais educacionais pode usar o Gemini para criar exercícios interativos. A IA pode gerar perguntas e respostas que são desafiadoras, mas que também são acessíveis para os alunos.

O que é Bard? 

O Bard é, de forma resumida, um chatbot conversacional de inteligência artificial desenvolvido pelo Google. Ele é baseado na família de grandes modelos de linguagem LaMDA e PaLM, e foi projetado para ser o modelo mais poderoso e flexível já criado pela empresa.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.