MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Greve do Metrô: confira quais linhas serão afetadas pela paralisação dos funcionários

A greve do Metrô foi confirmada. Também vão paralisar as atividades a Sabesp e a CPTM, mas nem todas as linhas serão afetadas. Veja quais vão funcionar

Trem da CPTM parado na estação da luz
Trem da CPTM parado na estação da luz - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 02/10/2023, às 20h53

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Em uma assembleia conjunta realizada nesta segunda (2), trabalhadores da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô), da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) decidiram entrar em greve unificada por 24 horas, a partir da meia-noite desta terça-feira (3). Porém, a greve do Metrô não vai afetar todas as linhas, assim como a da CPTM.    

A greve tem como principal motivação a oposição às privatizações das três empresas e busca também a realização de um plebiscito oficial junto à população para consultar sobre a privatização dessas empresas públicas.

Camila Lisboa, presidenta do Sindicato dos Metroviários de São Paulo, ressaltou a importância da mobilização: "A pauta do nosso movimento é o cancelamento de todos os processos de terceirização e privatização no Metrô, CPTM e Sabesp. E também a realização de um plebiscito oficial junto à população do estado para consultar sobre a privatização dessas três empresas públicas."

Na Sabesp, a greve não impactará as estações de tratamento e o fornecimento de água, mas afetará principalmente os setores de arrecadação e manutenção. Devido à paralisação, a prefeitura de São Paulo e o governo do estado optaram por decretar ponto facultativo na capital paulista.

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) proibiu a greve total dos trabalhadores do Metrô na última sexta-feira (29). Conforme a decisão do desembargador Celso Ricardo Peel Furtado de Oliveira, a circulação de trens deve ser assegurada em 100% nos horários de pico (das 6h às 9h e das 16h às 19h) e em 80% nos demais períodos, sob pena de multa de R$ 500 mil. Além disso, a liberação das catracas foi vetada, medida solicitada pelos trabalhadores.

+CET SUSPENDE rodízio de veículos em São Paulo nesta terça-feira (3)

Linhas afetadas pela greve

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) informou que a greve afetará as seguintes linhas:

Metrô:

  • Linha 1 - Azul
  • Linha 2 - Verde
  • Linha 3 - Vermelha
  • Linha 15 - Prata (monotrilho)

Não devem ser afetadas pela paralisação as seguintes linhas do Metrô:

  • Linha 4 - Amarela
  • Linha 5 - Lilás

CPTM:

  • Linha 7 - Rubi
  • Linha 10 - Turquesa
  • Linha 11 - Coral
  • Linha 12 - Safira
  • Linha 13 - Jade

As linhas 8 (Diamante) e 9 (Esmeralda), que foram concedidas à iniciativa privada, não serão afetadas pela greve. 

+El Niño impacta a previsão do tempo; Veja os efeitos em cada região do país

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.