MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Greve INSS: Meu INSS fica fora do ar durante paralisação e usuários são prejudicados

Os servidores já paralisaram as atividades em 23 estados e no Distrito Federal; Greve INSS deixa Meu INSS fora do ar e segurados são prejudicados

Jean Albuquerque | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 30/03/2022, às 14h56

Meu INSS fica fora do ar durante paralisação e usuários são prejudicados
Meu INSS fica fora do ar durante paralisação e usuários são prejudicados - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) anunciaram greve geral e suspensão dos atendimentos presenciais em vários Estados do país, no início da semana, nesta segunda (28). A paralisação ocorreu após cinco anos por conta da insatisfação em relação às condições de trabalho dos servidores, além da cobrança pelo reajuste de 19,9% no salário do servidor para repor a inflação que foi acumulada desde 2019. 

A Greve INSS tem preocupado os usuários que precisam agendar os serviços da previdência social. Na manhã desta quarta-feira (30) o site e o aplicativo “Meu INSS” ficaram fora do ar, no mesmo dia em que os médicos peritos também aderiram à paralisação. 

+++ Greve do INSS: 22 estados já aderiram a paralisação; atendimentos presenciais estão suspensos

Greve INSS: sistema fora do ar prejudica usuários 

Ao ficar fora do ar o serviço digital, os segurados do INSS reclamam por não conseguir reagendar perícias médicas e outros procedimentos presenciais Os servidores estão em greve desde a semana passada, quando foi anunciada a chamada Operação Apagão. 

O jornal Folha de São Paulo, na manhã de hoje, tentou ter acesso ao sistema em diversos dispositivos, pelo site e pelo aplicativo, o acesso ao “Meu INSS”, chegou a travar após o login. A reportagem do JC Concursos também tentou ter acesso a aplicação, mas logo após ter feito o login, a plataforma também apresentou erro. 

Os peritos paralisaram as atividades hoje pela manhã nos estados de São Paulo, Santa Catarina e Sergipe. De acordo com a Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasp), 23 estados e o Distrito Federal já estão em greve. 

Alguns profissionais não aderiram à greve e seguem atendendo normalmente. A presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP), Adriane Bramante, em entrevista a um jornal, orientou o segurado a comparecer na agência no dia e hora agendados, para não correr o risco de perder o benefício. 

No caso do sistema “Meu INSS” continuar fora do ar e o segurado não ser atendido, o IBDP orienta que o usuário tente remarcar o procedimento presencialmente se dirigindo a uma agência. 

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.