MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Grupo Americanas S.A fecha número histórico de lojas; Saiba mais

Segundo jornal grupo Americanas S.A fechou 7 lojas durante o período de 19 de janeiro a 17 de setembro deste ano; varejista passa por reestruturação empresarial

Loja Americanas
Loja Americanas - Divulgação JC Concursos
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 02/10/2023, às 14h44 - Atualizado às 20h56

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Grupo Americanas S.A fechou um número histórico de lojas, é o que revela a reportagem do Jornal Folha de S. Paulo publicada na noite deste domingo (1º). Ao todo, foram fechadas 95 lojas durante o período de 19 de janeiro, momento no qual iniciou a sua recuperação judicial, até a data de 17 de setembro. 

As dívidas da rede varejista chegam a R$ 42,5 bilhões. Em um período de oito meses, a empresa efetuou o fechamento de uma loja a cada 2,5 dias, em média. Atualmente, a varejista conta com um total de 1.785 pontos de venda, em comparação aos 1.880 registrados em janeiro.

As informações da reportagem da Folha foram retiradas de um relatório mensal dos administradores judiciais da empresa, o qual foi enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no último domingo (1º). Segundo o relatório, a Americanas está atualmente envolvida em 16 processos de despejo devido a inadimplência.

Os débitos acumulados com os proprietários dos imóveis levaram a Americanas a ser despejada de dois shoppings: o Plaza Sul, localizado na zona sul de São Paulo e administrado pela Allos (uma fusão da brMalls e Aliansce Sonae), e o shopping Vitória, na capital do Espírito Santo, que está sob a gestão da Nova Cidade Shopping Centers.

+ Novo pagamento é LIBERADO para ESTE grupo de aposentados do INSS

Reestruturação empresarial

De acordo com informações presentes no relatório do administrador judicial e divulgadas pelo jornal, as empresas em processo de recuperação judicial fizeram uma nova manifestação. 

Nessa manifestação, elas relataram que as lojas localizadas nos shoppings Plaza Sul, em Jabaquara/SP, e Nova Cidade, em Vitória/ES, foram despejadas à força. Além disso, mencionaram que atualmente enfrentam 16 ações de despejo em andamento, todas relacionadas à falta de pagamento de créditos concursais.

No que diz respeito ao número de demissões ocorridas nas últimas quatro semanas, compreendendo o período entre 21 de agosto e 17 de setembro, o relatório indica um total de 1.131 demissões, sendo que 639 delas foram solicitações voluntárias de demissão por parte dos funcionários.

Conforme informações divulgadas pela empresa à Folha de S. Paulo, a Americanas registrava um total de 34.369 colaboradores em seu quadro de funcionários em 17 de setembro. Esse número representa um aumento em relação aos 33.948 funcionários que a empresa relatou ter em 20 de agosto.

A Americanas explicou ao jornal, em comunicado, que as flutuações no quadro de funcionários acompanham a dinâmica sazonal típica do varejo. Além disso, a destacou que os números de demissões e pedidos de saída em agosto estão em linha com os registros do mesmo período do ano anterior, até o momento.

Abertura de 1.200 vagas temporárias

A empresa também enfatizou que anunciou recentemente a abertura de 1.200 vagas temporárias para a temporada de Black Friday e Natal. Vale mencionar que o processo de contratação para essas vagas iniciou-se em 18 de setembro.

A Americanas reiterou seu compromisso com a manutenção de suas operações e a busca pela eficiência, bem como sua dedicação à transparência nas relações com sindicatos e o cumprimento integral e pontual de suas obrigações trabalhistas, de acordo com a legislação vigente.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.