MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Guerra em Israel: governo brasileiro inicia missão de repatriação; avião chega nesta quarta

Cerca de 2,2 mil brasileiros entraram em contato com a embaixada brasileira em Tel Aviv em busca de assistência. Aproximadamente 14 mil brasileiros vivem em Israel e 6 mil na Palestina

Embaixada do Brasil em Tel Aviv disponibilizou um formulário de inscrição
Embaixada do Brasil em Tel Aviv disponibilizou um formulário de inscrição - Agência Brasil
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 10/10/2023, às 19h05 - Atualizado às 19h35

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O governo brasileiro iniciou uma operação de resgate de brasileiros presentes na região de conflito entre Israel e o grupo Hamas, no Oriente Médio. O primeiro dos seis aviões mobilizados para essa missão decolou de Tel Aviv com 211 passageiros a bordo. A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que a aeronave, um KC-30 com capacidade para 230 passageiros, está a caminho de Brasília e deve aterrissar na Base Aérea por volta das 4h de quarta-feira.

Até o momento, cerca de 2,2 mil brasileiros entraram em contato com a embaixada brasileira em Tel Aviv em busca de assistência para deixar a região afetada pelo conflito. A maioria desses brasileiros é composta por turistas que estavam visitando Tel Aviv e Jerusalém quando o grupo Hamas iniciou seus ataques no último sábado.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, aproximadamente 14 mil brasileiros vivem em Israel e 6 mil na Palestina, além de muitos turistas que visitam a região por diferentes motivos, incluindo locais sagrados e eventos. A prioridade inicial do governo brasileiro é repatriar cidadãos que residem no Brasil e estavam na região sem passagem de volta.

+++ Forças Armadas: Projeto de Lei cria Serviço Militar para as mulheres

Embaixada do Brasil em Tel Aviv disponibilizou um formulário de inscrição

O conflito começou com o ataque do Hamas, seguido por uma forte reação militar de Israel, que tem resultado em um número crescente de mortos e feridos dos dois lados. As autoridades israelenses relataram mais de 900 mortos e 2.700 feridos, enquanto o Hamas afirma que houve 680 palestinos mortos e 3.700 feridos em resposta aos ataques israelenses. Os números continuam sendo atualizados constantemente.

Entre os afetados pela situação estão os atletas profissionais de tênis em cadeira de rodas, Leandro Pena, Ymanitu Silva e Daniel Rodrigues, que tinham planos de participar do Israel Open, uma das etapas do Circuito Uniqlo Wheelchair Tennis Tour. Devido à escalada da violência na região, eles não conseguiram deixar o aeroporto de Tel Aviv por um período considerável, até finalmente conseguirem embarcar em um voo para a Tailândia, de onde devem retornar ao Brasil.

A Embaixada do Brasil em Tel Aviv disponibilizou um formulário de inscrição em seu site para aqueles interessados em participar dos voos de repatriação. Além disso, os plantões consulares da Embaixada em Tel Aviv e do Escritório de Representação em Ramala permanecem ativos e prontos para atender a nacionais em situações de emergência.

Também está sendo implementado um plano de evacuação de brasileiros da Faixa de Gaza, em coordenação com a Embaixada do Brasil no Cairo. O Escritório de Representação em Ramala mantém contato com os brasileiros na região e acompanha a deterioração das condições de segurança. O plantão consular geral do Itamaraty também está disponível para contato.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.