MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Lula assina GLO inédita para combater crime organizado em portos e aeroportos

Com a assinatura do decreto, militares das Forças Armadas serão destacados para atuar nesses locais. Lula anunciou o reforço de efetivos e equipamentos em órgãos de segurança

Expectativa é aprimorar a segurança nos portos e aeroportos, bem como nas vias de acesso
Expectativa é aprimorar a segurança nos portos e aeroportos, bem como nas vias de acesso - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 01/11/2023, às 18h19 - Atualizado às 23h57

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Nesta quarta-feira (1º), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assinou um decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) para fortalecer a segurança nos portos e aeroportos do Rio de Janeiro e São Paulo.

A medida, que terá vigência até maio de 2024, abrange os portos de Itaguaí (RJ), Rio de Janeiro e Santos (SP), bem como os aeroportos de Guarulhos (SP) e Galeão (RJ). Com a assinatura do decreto, militares das Forças Armadas serão destacados para atuar nesses locais.

O presidente destacou a importância dessa ação, afirmando que o decreto visa estabelecer uma operação integrada de combate ao crime organizado. Lula ressaltou a necessidade de melhorar a atuação em portos, aeroportos e fronteiras, e anunciou a criação de um comitê de acompanhamento integrado das ações de segurança, coordenado pelos ministros da Justiça, Flávio Dino, e da Defesa, José Mucio.

No âmbito da segurança, a Polícia Federal expandirá suas ações de inteligência e operações de prisões e apreensões de bens pertencentes a quadrilhas e milícias, com ênfase no Rio de Janeiro. O presidente também enfatizou que as Forças Armadas não substituirão as polícias estaduais, respeitando o papel das instituições locais.

Expectativa é aprimorar a segurança nos portos e aeroportos, bem como nas vias de acesso aos portos

O plano de modernização da atuação contará com o envolvimento de várias agências de segurança, incluindo a Polícia Rodoviária Federal, a Polícia Penal, o Exército, a Aeronáutica e a Marinha. A expectativa é aprimorar a segurança nos portos e aeroportos, bem como nas vias de acesso aos portos, fronteiras e áreas de movimentação de bagagens e cargas nos aeroportos de Guarulhos e Galeão.

Além disso, o presidente Lula anunciou o reforço de efetivos e equipamentos em órgãos de segurança, como a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal e a Força Nacional, nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Paraná.

O objetivo é fortalecer o combate ao crime organizado e desestabilizar seu poder financeiro com a criação do Comitê Integrado de Investigação Financeira e Recuperação de Ativos, em parceria com o governo do Rio de Janeiro.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.