MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Lula é denunciado por campanha eleitoral antecipada; veja detalhes

Líder do PSDB na Câmara disse que Lula estaria acostumado a cometer crimes. O ex-presidente discursou no lançamento de sua candidatura na última quinta (5)

Pedro Miranda* | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 09/05/2022, às 21h45

Deputado e líder do PSDB na Câmara disse que Lula estaria acostumado a cometer crimes
Deputado e líder do PSDB na Câmara disse que Lula estaria acostumado a cometer crimes - Agência Brasil
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O deputado federal e líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio, protocolou um uma representação no Ministério Público Eleitoral contra o pré-candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com a justificativa de que ele teria feito campanha eleitoral antecipada. Lula discursou no lançamento da candidatura dele na última quinta-feira (5), em Sumaré, município de São Paulo.

Nas redes sociais, o tucano disse que "Lula voltou a infringir a lei" e não admitiria que o PT "siga descumprindo" as regras do processo eleitoral. Carlos disse ainda que o ex-presidente está acostumado a cometer crimes.

Lula voltou a infringir a lei ao pedir que seus apoiadores 'votem agressivamente no 13', durante um discurso na cidade de Sumaré. Se a lei eleitoral proíbe que se peça votos antes do início da campanha, não vou admitir que Lula siga descumprindo as regras e se coloque acima da lei! Vamos para cima!", escreveu no Instagram.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Carlos Sampaio (@depcarlossampaio)

 

A lei eleitoral proíbe que políticos peçam votos explicitamente nesta fase. A campanha oficial deverá começar oficialmente no mês de agosto.

+++Prazo para pagar Imposto de Renda 2022 no débito vai até terça-feira (10); veja

Lula teria convidado eleitores a votar nele nas eleições

De acordo com o UOL, durante evento no interior paulista, o ex-presidente Lula convidou o público a votar nele durante as eleições de outubro deste ano.

Lula destacou ainda que faria uma campanha limpa. “A nossa campanha não será agressiva, a nossa campanha não terá fake news. O que vai acontecer neste país é que nós vamos ser agressivos de votar no 13 no dia 2 de outubro para que a gente possa tirar ele e colocar alguém mais democrático para governar este País", disse o ex-presidente, durante o ato da pré-campanha.

Estagiário sob supervisão do jornalista Jean Albuquerque

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.