MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Mais da metade dos brasileiros aprovam governo Lula após 4 meses de gestão, diz pesquisa

A pesquisa também questionou quais áreas o governo federal deveria dar mais atenção neste ano. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais e o intervalo de confiança é de 95,5%

Pesquisa questionou quais áreas o governo federal deveria dar mais atenção em 2023
Pesquisa questionou quais áreas o governo federal deveria dar mais atenção em 2023 - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 02/05/2023, às 21h35

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Uma pesquisa encomendada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) apontou que mais da metade dos entrevistados aprovam o governo do presidente Lula após os seus primeiros quatro meses de mandato.

Segundo o levantamento, 52% dos entrevistados afirmam aprovar o governo, enquanto 38% desaprovam. Outros 10% não souberam ou não responderam à questão. Comparando com a pesquisa anterior, realizada em fevereiro, os índices permaneceram praticamente iguais: 51% aprovaram, 36% desaprovaram, e 13% não responderam.

A pesquisa atual foi realizada entre os dias 14 e 19 de abril com 2 mil entrevistados, de todas as regiões do país, com idades a partir de 18 anos. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais e o intervalo de confiança é de 95,5%.

+++ Entenda o embate das big techs e o Congresso na PL das Fakes News

Pesquisa questionou quais áreas o governo federal deveria dar mais atenção em 2023

Em relação à avaliação do governo Lula, a pesquisa aponta que 39% dos entrevistados consideram o governo ótimo ou bom, enquanto 28% o consideram regular e 28% o consideram ruim ou péssimo. Outros 5% não souberam ou não responderam à questão.

Já em relação ao desempenho futuro da administração federal, 51% dos entrevistados acreditam que o governo Lula será ótimo ou bom; 17% classificaram que será regular; 27% entendem que será ruim ou péssimo; e 5% não souberam ou preferiram não responder.

Além disso, a pesquisa questionou quais áreas o governo federal deveria dar mais atenção neste ano. Dentre as opções apresentadas, a Saúde foi a mais citada como primeira resposta (25%), seguida de Emprego e Renda (21%) e Educação (18%). Inflação e Custo de Vida (10%) subiram uma posição como mais citadas em relação ao levantamento de fevereiro, agora em quarto lugar.

Fome e pobreza, que foram apontadas como prioridade para 11% dos entrevistados em fevereiro, tiveram 8% de citações agora.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.