MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Mais Médicos: nova turma de 3,5 mil médicos se forma e amplia atendimento à saúde básica

Em São Paulo, 1,3 mil médicos que atuarão nas regiões Sul e Sudeste participam do treinamento. Médicos formados no exterior ou estrangeiros receberão registro temporário para atuação

Médicos formados no exterior ou estrangeiros receberão registro temporário de atuação
Médicos formados no exterior ou estrangeiros receberão registro temporário de atuação - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 28/11/2023, às 16h41

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Nesta semana, cerca de 3,5 mil médicos estão concluindo o curso de capacitação para integrar o Programa Mais Médicos, marcando a maior turma em formação desde o lançamento do programa há uma década, segundo informações do Ministério da Saúde. A iniciativa, retomada no primeiro semestre, registrou um recorde de 34 mil pedidos de inscrição, indicando um expressivo interesse na oferta de oportunidades de trabalho.

O ministério projeta que até o final deste ano, 28 mil profissionais estarão atuando nos municípios, aumentando o contingente atual de 20 mil médicos alocados. Nesta terça-feira (28), os médicos que participam do curso em São Paulo enfrentarão uma prova para ingressar no programa, após uma aula intensiva de preparação na segunda-feira (27).

A prova aborda temas como atenção primária à saúde e o acolhimento dos pacientes, com foco em diferentes comunidades, incluindo a população quilombola, ribeirinha, LGBTQIA+ e outros grupos específicos.

Médicos formados no exterior ou estrangeiros receberão registro temporário de atuação

Em São Paulo, 1,3 mil médicos que atuarão nas regiões Sul e Sudeste participam do treinamento, com duração de 30 dias. Após aprovação, terão suas inscrições efetivadas. O curso também foi realizado na Bahia e em Minas Gerais para médicos destinados a outras regiões do país.

Os aprovados terão de 4 a 8 de dezembro para se apresentar nos municípios. Médicos formados no exterior ou estrangeiros receberão um registro temporário para atuar enquanto aguardam a realização do Revalida, exame que valida diplomas de medicina obtidos fora do Brasil.

O secretário adjunto de Atenção Primária do Ministério da Saúde, Felipe Proenço de Oliveira, enfatiza o objetivo de ampliar ainda mais o programa, destacando a recomposição do quantitativo de profissionais que estavam no programa ao longo do tempo e a criação de novas vagas. "Vamos chegar a 28 mil médicos alocados até o final deste ano", afirma Oliveira.

Médicos como Nídia Machado, formada na Nicarágua, veem semelhanças entre as doenças encontradas no seu país e na Região Norte do Brasil, e Gabriela Ferrari Santos, participante do curso em São Paulo, vê o programa como uma oportunidade para proporcionar atenção básica a toda a população e destacar a importância do Sistema Único de Saúde (SUS).

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.