MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Ministério da Agricultura determina recolhimento de quatro lotes de feijão

Lotes de feijão impróprios para consumo foram identificados durante uma operação. Os esses lotes apresentam um alto porcentual de grãos mofados e ardidos; veja detalhes

Lotes de feijão impróprios para consumo foram identificados durante uma operação
Lotes de feijão impróprios para consumo foram identificados durante uma operação - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 19/05/2023, às 19h52

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Nesta sexta-feira (19), o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) emitiu uma determinação para o recolhimento de quatro lotes de feijão das marcas Da Mamãe e Sanes, devido à constatação de que os produtos são impróprios para consumo. Os lotes afetados são o lote 51 do feijão cores e lote 06 do feijão-preto, ambos da marca Da Mamãe, além dos lotes 030423 e 080323 do feijão-preto da marca Sanes.

Segundo o ministério, esses lotes apresentam um percentual de grãos mofados e ardidos acima de 15%, representando riscos à saúde dos consumidores. De acordo com o diretor do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal, Hugo Caruso, os grãos contaminados podem conter micotoxinas prejudiciais ao organismo, capazes de causar intoxicações alimentares e reações alérgicas.

A Sanes Brasil, uma das empresas responsáveis pelos alimentos, informou que está tomando providências para o recolhimento dos lotes citados, enquanto a empresa responsável pelos produtos Da Mamãe ainda não se manifestou sobre o assunto.

+++ Crescimento econômico brasileiro surpreende no primeiro trimestre

Lotes de feijão impróprios para consumo foram identificados durante uma operação

Os lotes de feijão impróprios para consumo foram identificados durante uma operação anterior que resultou na apreensão de mais de 150 toneladas de feijão no estado do Rio de Janeiro. Os produtos foram submetidos a análises laboratoriais que comprovaram que não atendem aos padrões de qualidade e segurança exigidos para o consumo humano, conforme os critérios estabelecidos pelo Mapa.

Os feijões problemáticos foram encontrados tanto no estado do Rio de Janeiro quanto no Distrito Federal. O Ministério da Agricultura recomenda que os consumidores verifiquem as embalagens dos produtos antes da compra e, caso identifiquem os lotes impróprios para consumo, denunciem através do telefone de atendimento da pasta ou dos canais de atendimento dos órgãos de defesa do consumidor.

Além disso, o Mapa ressalta a importância de os consumidores e profissionais de restaurantes verificarem a presença dos lotes referidos em suas casas ou estoques, e caso identifiquem algum deles, interrompam imediatamente o consumo.

A empresa Sanes Brasil afirmou estar ciente da determinação do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento e está adotando as medidas necessárias para o recolhimento dos lotes 080323 e 030423 dos pontos de venda, visando cumprir todas as exigências. A empresa ressalta que, ao longo de seus 23 anos de mercado, sempre prezou pela qualidade de seus produtos e se coloca à disposição para esclarecimentos adicionais, se necessário.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.