MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Ministra da Saúde prepara força tarefa para recuperar cobertura vacinal no Brasil

Conheça algumas das diretrizes prioritárias citadas pela ministra da Saúde para os primeiros 100 dias de governo. Uma delas inclui a vacina contra a Covid-19 no PNI

Vacina contra a Covid-19 será integrada ao Plano Nacional de Imunizações
Vacina contra a Covid-19 será integrada ao Plano Nacional de Imunizações - Agência Brasil
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 12/01/2023, às 17h40

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A cobertura vacinal no Brasil está em queda desde 2016. E para recuperar os índices aos quais o país sempre foi reconhecido pelo mundo, a ministra da Saúde, Nísia Trindade, anunciou que fará uma força-tarefa ao longo dos 100 primeiros dias de gestão. Entre as ações está a campanha de vacinação prevista para fevereiro para restabelecer o número de pessoas vacinadas, principalmente contra a Covid-19.

“Nós estamos recuperando a relação plena das sociedades científicas e de todos que estabelecem as bases para imunização nesse momento. A câmara técnica assessora está reunida neste momento para que possamos, em fevereiro, dar início de forma mais efetiva a essa campanha”, disse Nísia Trindade.

De acordo com a ministra, foram adquiridas vacinas do Instituto Butantan contra Covid-19 para uso pediátrico. Além disso, ela contou que a pasta está trabalhando com a Pfizer com esse mesmo objetivo, para garantir que haja vacina.

Na última sexta-feira (6), o Ministério da Saúde assinou convênio complementar para aquisição de 750 mil doses da CoronaVac para ampliar a vacinação infantil. O lote deve ser entregue nos próximos dias e as novas aquisições, totalizando 2,6 milhões de doses do laboratório.

+++ Isenção de R$ 5 mil do Imposto de Renda 2023 estará disponível? Entenda a situação

Vacina contra a Covid-19 será integrada ao Plano Nacional de Imunizações

A ministra também falou sobre a inclusão da vacina contra Covid-19 no Plano Nacional de Imunizações. “Nós temos a grande tarefa de recuperar as altas coberturas vacinais no Brasil. Por isso, o foco em vacinas da infância é muito importante também, então também estamos falando da recuperação das altas coberturas vacinais”, destacou.

Nísia também ressaltou a importância de restabelecer boas relações com os estados e municípios para dar andamento às ações de vacinação. Esse plano será debatido e definido no dia 26 de janeiro no Conselho Nacional de Secretários de Estado de Saúde e secretários municipais.

Conheça algumas das diretrizes prioritárias citadas pela ministra da Saúde nos primeiros 100 dias de governo:

  • Elaboração de um plano emergencial para redução de filas para diagnósticos e cirurgias eletivas;
  • Transparência da Câmara Técnica Assessora para Imunizações (Ctai) e recuperação da conversa com a sociedade cientifica;
  • Campanha de vacinação para recuperar as coberturas vacinais;
  • Inclusão da vacina Covid-19 no Calendário Nacional de Vacinação;
  • Retomada do Programa Farmácia Popular e ampliação da oferta de medicamentos;
  • Fortalecimento da saúde da população negra e indígena;
  • Ações emergenciais para a população Yanomami;
  • Seguimento e ampliação do programa Mais Médicos, priorizando os médicos brasileiros e posteriormente os médicos estrangeiros;
  • Reforço do diagnóstico do câncer do colo do útero;

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.