MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Mutirão do Procon analisa dívidas para limpar nome e LIBERAR créditos

Procon realizará mutirões nacionais para analisar negociações de dívidas tendo como base o Código de Defesa do Consumidor; Saiba os detalhes

Notas de dinheiro
Notas de dinheiro - Canva
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 16/07/2023, às 11h27

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Procon, órgão responsável pela proteção e defesa dos direitos do consumidor, realizará mutirões ao nível nacional com o objetivo de analisar negociações de dívidas baseadas no Código de Defesa do Consumidor (CDC).

O plano é que o Procon ofereça suporte aos superendividados, os brasileiros que não têm condições de pagar suas dívidas, durante as negociações com as instituições financeiras. Essa iniciativa ocorrerá em conjunto com o programa Desenrola Brasil, que terá início na próxima segunda-feira (17).

+ Último pagamento do PIS/Pasep 2023 será feito para 4,2 milhões de beneficiários. Veja se está na lista

Saiba como irá funcionar 

Os mutirões serão iniciados a partir do dia 24 de julho, porém, ainda não foram divulgados os cronogramas específicos para cada estado pela Secretaria do Consumidor, que é vinculada ao Ministério da Justiça. No entanto, essas ações ocorrerão em todas as regiões do país.

O anúncio foi feito recentemente pelo ministro da Justiça, Flávio Dino. Além disso, na próxima segunda-feira, em colaboração com os bancos, o programa Desenrola Brasil se compromete a auxiliar aproximadamente 1,5 milhão de cidadãos que possuem dívidas de até R$ 100, ajudando-os a sair da situação de negativação.

Tudo o que sabemos sobre o Desenrola 

Os bancos serão responsáveis por retirar o nome de pessoas que possuem dívidas de até R$ 100. Os credores que optarem por participar do programa Desenrola Brasil começarão, a partir de segunda-feira (17), a suspender a negativação de todas as dívidas dentro desse limite. Segundo informações do Ministério da Fazenda, essa medida permitirá limpar o nome de aproximadamente 1,5 milhão de brasileiros.

Foram estabelecidas duas faixas com condições de renegociação distintas. Na faixa 1, o governo oferecerá garantias aos credores e condições de pagamento facilitadas para os devedores. Já na faixa 2, o governo concederá incentivos aos bancos que aderirem ao programa.

A renegociação das dívidas da faixa 2 terá início na próxima segunda-feira (17). Nessa etapa, serão atendidas pessoas com renda entre dois salários mínimos e R$ 20.000, abrangendo dívidas sem limite de valor. Nessa categoria, os bancos oferecerão diretamente aos clientes a possibilidade de renegociar suas dívidas.

A terceira etapa está programada para começar a partir de setembro. Nesse momento, serão contempladas as renegociações da faixa 1, que engloba a população com renda de até dois salários mínimos ou aqueles que estão inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) e possuem dívidas de até R$ 5.000.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.