MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Novo alerta Inmet: perigo de tempestade em 10 estados; Veja quais

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, neste domingo (21), um novo alerta laranja para chuvas intensas em 10 estados brasileiros. Quatro pessoas morreram em São Paulo após fortes chuvas

Chuva forte cai em guarda-chuva
Chuva forte cai em guarda-chuva - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 21/01/2024, às 19h15

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, neste domingo (21), um novo alerta laranja para chuvas intensas em 10 estados brasileiros. O alerta laranja para tempestade, segundo na escala utilizada pelo Inmet, antecipa o vermelho (grande perigo).

Vigente até amanhã (22), o alerta aponta para uma situação de perigo, alertando para a possibilidade de chuvas e ventos intensos, com acumulado de precipitação podendo atingir até 100 mm. O alerta abrange os seguintes estados:

  • Acre
  • Bahia
  • Goiás
  • Mato Grosso
  • Minas Gerais
  • Rio de Janeiro
  • Amazonas
  • Espírito Santo
  • Pará
  • Rondônia

O estado de São Paulo, que enfrentou fortes chuvas nas últimas 24 horas, registrou quatro mortes, conforme relato da Defesa Civil. Desmoronamentos e alagamentos atingiram ao menos seis municípios, evidenciando a gravidade do fenômeno.

Tempestade no estado de São Paulo

A Defesa Civil do Estado de São Paulo segue com o reforço no monitoramento das condições climáticas, com alerta para possibilidade de chuvas isoladas ao longo deste domingo (21). Há maior possibilidade de grandes volumes acumulados nas regiões da Baixada Santista, Litoral Norte, Vale do Paraíba e Grande São Paulo.

Na Baixada Santista, a chuva acumulada nos três dias pode chegar a 200 milímetros (mm). No Litoral Norte e Vale do Paraíba, os registros devem ser de até 180 mm. Na Grande São Paulo e na região de Campinas, a previsão é de até 150 mm.

Chuva forte causa mortes em São Paulo

O estado de São Paulo registrou quatro mortes no último sábado (20) em decorrência das fortes chuvas que atingiram a região nas últimas 24 horas. Segundo a Defesa Civil, o acumulado de chuvas chegou a 150 milímetros em algumas áreas e causou desmoronamentos e alagamentos em ao menos seis municípios.  

Na madrugada deste sábado hoje (20), em Sorocaba (SP), uma chuva de forte intensidade com rajadas de vento causou a morte de uma senhora de 74 anos. De acordo com a Defesa Civil, um veículo com dois ocupantes foi arrastado pela força das águas e apenas um deles conseguiu sair e permaneceu sobre o carro. O outro ocupante acabou ficando preso no interior do veículo. O Corpo de Bombeiros chegou a resgatar a vítima, mas ela não resistiu.

Duas mulheres, uma de 70 anos e outra de 35 anos, morreram após serem arrastadas pela enxurrada e ficarem presas embaixo de um veículo, em Limeira. Em Praia Grande, uma mulher de 60 anos morreu e outras sete pessoas ficaram feridas após uma descarga elétrica atingir a orla de Praia Grande na tarde deste sábado (20).

Dicas de segurança

Diante da iminência de tempestades, a Defesa Civil reforça algumas orientações cruciais para garantir a segurança da população:

  1. Evite áreas arborizadas: Durante tempestades, o risco de quedas de árvores aumenta significativamente. Busque locais mais seguros.

  2. Procure abrigo em edificações: Em casos de raios, busque abrigo em construções para evitar riscos à segurança.

  3. Cuidado em áreas alagadas: Lâminas de água com 15 cm de profundidade podem arrastar pessoas, e a partir de 30 cm, podem levar um automóvel. Evite transitar nessas regiões.

  4. Rajadas de vento: Em caso de fortes ventos, fique longe de árvores, vidros e objetos perfurantes. Refugie-se em locais seguros e mantenha distância de estruturas frágeis.

  5. Cuidados ao dirigir: Evite se aproximar de cabos elétricos, torres de transmissão e estruturas frágeis. Em caso de fios energizados sobre o veículo, permaneça dentro e ligue para o serviço de emergência.

  6. Áreas de encosta: Moradores devem ficar atentos a sinais de movimentação do solo, como rachaduras nas paredes, postes inclinados e água lamacenta escorrendo pelo morro. Abandone imediatamente o local se notar qualquer desses sinais.

A prevenção e o cuidado são essenciais para enfrentar tempestades com segurança. Esteja atento aos alertas oficiais e siga as orientações das autoridades locais para minimizar os riscos.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.