MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Orçamento 2024: Governo apresenta proposta de reajuste de servidores públicos

Orçamento de 2024 já destinou cerca de R$ 1,5 bilhão para esse propósito. Líder do sindicato de servidores expressou insatisfação, chamando a proposta de "afronta"

Já foram acordados aumentos no salário e no auxílio-alimentação em 2023
Já foram acordados aumentos no salário e no auxílio-alimentação em 2023 - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 30/08/2023, às 18h32

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Durante a reunião da Mesa Nacional de Negociação Permanente (MNNP), na terça-feira (29), foram apresentados os planos do governo federal para o possível reajuste dos servidores públicos no próximo ano. O Orçamento de 2024 já destinou cerca de R$ 1,5 bilhão para esse propósito, o que representaria uma correção salarial de 1%, conforme o Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas do Estado (Fonacate).

O secretário de Relações de Trabalho do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, José Lopez Feijóo, destacou que o governo está trabalhando para ampliar os recursos disponíveis. Ele mencionou a possibilidade de um aumento de arrecadação no segundo semestre, o que poderia abrir mais espaço para um reajuste mais substancial em 2024.

Feijóo ressaltou a importância de um processo contínuo de reconstrução do Estado e expressou o compromisso do governo em fornecer uma proposta mais concreta aos servidores no futuro.

No entanto, a proposta de reajuste de 1% foi duramente criticada por representantes sindicais e líderes das entidades dos servidores. Rudinei Marques, presidente do Fonacate, expressou sua insatisfação, chamando a proposta de "afronta" aos servidores que acumulam perdas salariais significativas ao longo dos anos.

+++ Quem são os super-ricos no Brasil? Entenda os critérios e quanto deve arrecadar

Já foram acordados aumentos no salário e no auxílio-alimentação em 2023

O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) também manifestou descontentamento com a sinalização de um aumento de apenas 1%. Para eles, isso é insuficiente para compensar a falta de reajuste desde 2017 e não atende às expectativas dos auditores fiscais federais agropecuários.

A retomada da Mesa Nacional de Negociação Permanente neste ano trouxe à tona discussões e acordos cruciais para os servidores. Já foram acordados aumentos no salário e no auxílio-alimentação em 2023. No entanto, a questão do reajuste de 2024 permanece uma fonte de tensão e negociações desafiadoras entre o governo e as entidades sindicais.

A MNNP, que teve seu início em 2003 e reinstalada em 2023, tem um histórico de diálogo e acordos que beneficiaram uma grande parcela dos servidores públicos federais ao longo dos anos. 

+Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.