MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Pagamento confirmado: saiba quanto cada trabalhador vai receber de lucro do FGTS

Ao todo, serão repassados R$ 13,2 bilhões do lucro do FGTS e o dinheiro vai ser depositado antes do prazo previsto, que seria 31 de agosto. Veja como calcular o valor a ser recebido

MYLENA LIRA | REDACAO@JCCONCURSOS.COM.BR
Publicado em 24/07/2022, às 15h13

Celular com aplicativo do FGTS e notas de cem reais ao fundo
Celular com aplicativo do FGTS e notas de cem reais ao fundo - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Ótima notícia para os trabalhadores: o Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) informou que vai distribuir 99% do lucro do FGTS. Ao todo, serão repassados R$ 13,2 bilhões e o dinheiro vai ser depositado antes do prazo previsto, que seria 31 de agosto. A decisão foi tomada na última sexta-feira (22).

O percentual é maior do que os distribuídos nos últimos anos. Em 2021, foram distribuídos 96% do lucro do fundo, de R$ 8,1 bilhões. Já em 2020, o repasse foi de R$ 7,5 bilhões, o equivalente a 66,2% do resultado positivo em 2019, de R$ 11,3 bilhões.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, o rendimento do FGTS será 94,9% maior do que o rendimento da poupança no período. Pela legislação, o FGTS rende 3% ao ano mais a taxa referencial (TR). Como a TR em 0,209%, o rendimento mínimo corresponde a pouco mais de 3% a cada ano. Com a distribuição de lucros, a remuneração do Fundo de Garantia é ampliada.

+Auxílio Brasil será pago para cinco novos grupo nesta semana; Veja quem recebe

Quem vai receber e como calcular o lucro do FGTS?

Todo trabalhador com carteira assinada tem uma conta aberta na Caixa Econômica Federal na qual o empregador deve, obrigatoriamente, depositar mensalmente o valor correspondente a 8% do salário. A soma desses depósitos forma o saldo do FGTS, que pode ser resgatado pelo cidadão em momentos específicos.

O lucro do FGTS será pago ao trabalhador que tinha saldo no fundo em 31 de dezembro de 2021. Quem tiver mais de uma conta receberá o crédito em todas elas e a distribuição será feita de forma proporcional entre os cotistas. Quanto maior o saldo da conta vinculada ao FGTS, mais o trabalhador terá a receber.

Para saber a parcela do lucro que será depositada, o trabalhador deve multiplicar o saldo de cada conta em seu nome em 31 de dezembro do ano passado por 0,02748761. Esse fator significa que, na prática, a cada R$ 1 mil de saldo, o cotista receberá R$ 27,49. Quem tinha R$ 2 mil terá crédito de R$ 54,98, com o valor subindo para R$ 137,44 para quem tinha R$ 5 mil no fim de 2021.

+Servidores públicos podem ganhar prêmio de até R$ 15 mil; Veja como concorrer

Como consultar o saldo do FGTS?

Para verificar o saldo do Fundo de Garantia, o trabalhador deve consultar do extrato do fundo, no aplicativo FGTS, disponível para smartphones e tablets dos sistemas Android e iOS. Basta seguir o passo a passo indicado abaixo:

  • Localize o aplicativo do FGTS na Apple Store ou no Google Play, clique em instalar e abra o aplicativo;
  • Selecione a opção "Cadastre-se";
  • Insira os dados solicitados: CPF, nome completo, data de nascimento e e-mail;
  • Cadastre uma senha numérica com 6 dígitos;
  • Clique no botão "Não sou um robô";
  • Você vai receber um e-mail de confirmação no endereço eletrônico informado. Abra o e-mail e clique no link recebido;
  • Após o cadastramento, abra o app e informe o CPF e senha cadastrada;
  • No primeiro login serão feitas algumas perguntas adicionais sobre a sua vida profissional;
  • Responda as perguntas e depois clique em "Concordar" após ler e aceitar as condições de uso do aplicativo;
  • Prontinho, agora você já pode usar o app FGTS para consultar o saldo sempre que quiser, bastando inserir o CPF e a senha a cada novo acesso.

Há, ainda, a opção de ir presencialmente a qualquer agência da Caixa para pedir o extrato no balcão de atendimento. Quem é cliente da Caixa pode consultar o saldo do FGTS também pelo internet banking.

No entanto, o dinheiro não poderá ser sacado de imediato. Ele será liberado apenas em uma das situações previstas em lei para saque do FGTS. São elas: demissão sem justa causa; saque-aniversário no mês de nascimento (ao abrir mão de sacar na situação anterior); saque para pagar dívidas imobiliárias em atraso; no momento da aposentadoria; para a compra da casa própria; em caso de desastres naturais (saque-calamidade); ou ao se deparar com doença grave.

*com informações da Agência Brasil

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.