MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Pais e mães estudantes ganham mais tempo para concluir o curso superior

Câmara aprovou nesta terça-feira (5) projeto de lei que garante mais tempo para estudantes concluir cursos de graduação ou programas de pós-graduação

Pai ao lado do filho
Pai ao lado do filho - Divulgação JC Concursos
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 05/12/2023, às 23h11

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (5) projeto de lei que garante mais tempo para estudantes concluírem cursos de graduação ou programas de pós-graduação após o nascimento de um filho, ou adoção. A matéria será enviada ao Senado.

De autoria da deputada Talíria Petrone (Psol-RJ), o Projeto de Lei 1741/22 foi aprovado na forma do substitutivo da deputada Tabata Amaral (PSB-SP). A proposta estabelece que as instituições de educação superior deverão assegurar a continuidade do atendimento educacional e fazer os ajustes administrativos para prorrogar os prazos por, no mínimo, 180 dias.

A prorrogação abrange a conclusão de disciplinas e dos respectivos trabalhos finais, a entrega dos trabalhos finais de conclusão de curso ou mesmo as sessões de defesa e a entrega de versões finais dos trabalhos ou realização de publicações exigidas pelos regulamentos das instituições de ensino.

Para obter o benefício, o estudante deverá comunicar o fato formalmente à instituição, apresentando os documentos comprobatórios, como certidão de nascimento do filho ou documento de guarda judicial.

A relatora da proposta, Tabata Amaral, destacou que a medida é importante para garantir a equidade no acesso à educação superior e à pesquisa. "É importante que as instituições de ensino sejam flexíveis e compreensivas com as necessidades dos estudantes, especialmente em momentos de transição, como o nascimento de um filho ou a adoção", afirmou.

+ Jogo do Tigre: vício e prejuízos financeiros levam vítimas a procurar ajuda

Bolsas de estudo também foram prorrogadas 

Além de garantir mais tempo para estudantes concluírem cursos de graduação ou pós-graduação após o nascimento de um filho, ou adoção, o projeto de lei aprovado pela Câmara dos Deputados também amplia os direitos de estudantes, pais e mães que recebem bolsas de estudo concedidas por agências de fomento.

Atualmente, as bolsas de estudo concedidas para a formação de recursos humanos podem ser prorrogadas por 120 dias em caso de parto, adoção ou obtenção de guarda judicial para fins de adoção. Com a aprovação do projeto, o prazo de prorrogação será ampliado para 180 dias, e as bolsas de pesquisa também serão incluídas.

A medida é importante para garantir a equidade no acesso à educação superior e à pesquisa,, por permitir que estudantes, pais e mães conciliem os estudos com as novas responsabilidades familiares.

O projeto também prevê que o afastamento para o parto ou adoção poderá ser válido também para situações anteriores ao parto, como gravidez de risco ou atuação em pesquisa que implique risco à gestante ou ao feto.

Além disso, quando a internação pós-parto durar mais de duas semanas, a data inicial para contar a prorrogação será aquela da alta hospitalar da mãe ou do recém-nascido, o que ocorrer por último.

No caso de nascimento, adoção ou obtenção de guarda judicial para fins de adoção de criança ou adolescente com deficiência, o prazo de prorrogação da bolsa de estudo será dobrado, passando de 180 para 360 dias.

A medida é importante para garantir a equidade no acesso à educação superior e à pesquisa para estudantes com filhos com deficiência.

O projeto também prevê que a prorrogação da bolsa poderá ser concedida em caso de caso fortuito ou força maior, como desastres naturais ou acidentes. Nesse caso, será necessária comprovação da necessidade da prorrogação e a instituição de fomento terá de fazer uma análise técnica conforme seu regulamento.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concurso

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedade

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.