MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Petrobras reduz preço do diesel, mas preço ao consumidor ainda é elevado

Mudança no preço seria resultado de uma análise dos fundamentos dos mercados externo e interno, diz a Petrobras. Os preços de venda de gasolina às distribuidoras permanecem estáveis

Petrobras informou que os preços de venda de gasolina às distribuidoras permanecem estáveis
Petrobras informou que os preços de venda de gasolina às distribuidoras permanecem estáveis - Agência Brasil
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 08/12/2023, às 14h50

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Petrobras divulgou uma redução significativa no preço do diesel nas distribuidoras, que passa a vigorar a partir desta sexta-feira (8). A queda média é de R$ 0,27 por litro, estabelecendo um novo valor de R$ 3,78.

Essa medida, parte da estratégia comercial implementada em maio de 2023, substituiu a política de preços anterior e visa refletir as melhores condições de refino e logística da Petrobras. No acumulado do ano, a redução do preço do diesel alcança R$ 0,71 por litro, representando uma diminuição de 15,8%.

A Petrobras enfatiza que a mudança no preço é resultado de uma análise dos fundamentos dos mercados externo e interno, considerando a estratégia comercial adotada.

Petrobras informou que os preços de venda de gasolina às distribuidoras permanecem estáveis

Ao considerar a mistura obrigatória de 88% de diesel A e 12% de biodiesel para a composição do diesel comercializado nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor será reduzida em R$ 0,24 por litro, totalizando, em média, R$ 3,33.

Dessa forma, o preço médio do diesel A S10 nas bombas pode atingir R$ 5,92 por litro, considerando os dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para a semana de 26 de novembro a 2 de dezembro, que indicou um valor médio de R$ 6,16 por litro.

A Petrobras ressalta que o valor cobrado ao consumidor final no posto é influenciado por diversos fatores, incluindo impostos, mistura de biocombustíveis e margens de lucro da distribuição e revenda. A empresa destaca que a estimativa apresentada tem caráter referencial e que cabe às autoridades competentes ações de fiscalização, autuação e penalização de práticas abusivas ou lesivas ao consumidor.

A companhia informou ainda que os preços de venda de gasolina às distribuidoras permanecem estáveis, enquanto os preços do gás de cozinha acumulam uma retração significativa de R$ 10,40 por botijão de 13 kg no ano.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.