MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Plano Safra deve ultrapassar os R$ 400 Bilhões, segundo Carlos Fávaro

O valor representa um aumento de aproximadamente 27% em relação ao financiamento anterior. Serão reconhecidos e premiados os produtores rurais que já possuem o CAR

Serão reconhecidos e premiados os produtores rurais que já possuem o CAR
Serão reconhecidos e premiados os produtores rurais que já possuem o CAR - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 27/06/2023, às 17h56

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Carlos Fávaro, representante do governo federal, divulgou nesta terça-feira (27) que o Plano Safra 2023/2024 deverá ultrapassar a marca de R$ 400 bilhões destinados ao apoio dos produtores agropecuários de médio e grande porte do Brasil. Essa iniciativa visa fornecer crédito rural aos produtores enquadrados no Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) e aos demais agricultores.

As taxas de juros para custeio e comercialização serão fixadas em 8% ao ano para os produtores que se enquadram no Pronamp, e 12% ao ano para os demais. No caso de investimentos, as taxas variarão entre 7% e 12,5%.

Conforme o governo, esse valor representa um aumento de aproximadamente 27% em relação ao financiamento anterior.

Serão reconhecidos e premiados os produtores rurais que já possuem o CAR

Além disso, o Ministério do Desenvolvimento Agrário planeja anunciar em breve um Plano Safra direcionado à agricultura familiar, o qual se somará ao anúncio de hoje, visando oferecer suporte a esse setor importante da economia.

Sustentabilidade também é uma prioridade desta edição do Plano Safra. Serão reconhecidos e premiados os produtores rurais que já possuem o Cadastro Ambiental Rural (CAR) analisado, bem como aqueles que adotam práticas agropecuárias consideradas mais sustentáveis.

Os produtores que tiverem o CAR analisado e se enquadrarem em uma das seguintes condições - Programa de Regularização Ambiental (PRA), ausência de passivo ambiental ou possibilidade de emissão de cota de reserva ambiental - terão uma redução de 0,5 ponto percentual nas taxas de juros de custeio.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.