MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Posso receber o Bolsa Família com atraso? Programe-se!

O Ministério do Desenvolvimento Social informa que os usuários de Bolsa Família não precisam trocar ou atualizar os cartões

Posso receber o Bolsa Família com atraso? Programe-se!
Divulgação
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 17/01/2023, às 22h40

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Amanhã (18) iniciam os pagamentos do Bolsa Família. Com a volta do nome antigo do programa social, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre ele, como por exemplo se é possível receber o Bolsa Família com atraso. Para saber mais sobre ele continue neste artigo. 

Os pagamentos do Bolsa Família, antigo Auxílio Brasil, segue um calendário, que é realizado nos últimos dez dias e varia conforme o Número de Inscrição Social (NIS) do beneficiário. Amanhã, o benefício será disponibilizado para quem tem o NIS final 1 e vai até o dia 31 de janeiro para quem tem o NIS final 0.

+Escola de música de SP oferece mais de 700 vagas gratuitas; saiba como participar

Deste modo, o governo federal não costuma atrasar o pagamento, em muitos casos, ele até antecipa, como foi observado nos meses de agosto e outubro de 2022, quando o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) antecipou em dez dias o pagamento do Auxílio Brasil. 

Confira abaixo o calendário de pagamentos do Bolsa Família:

  • NIS final 1 - 18 de janeiro;
  • NIS final 2 - 19 de janeiro;
  • NIS final 3 - 20 de janeiro;
  • NIS final 4 - 23 de janeiro;
  • NIS final 5 - 24 de janeiro;
  • NIS final 6 - 25 de janeiro;
  • NIS final 7 - 26 de janeiro;
  • NIS final 8 - 27 de janeiro;
  • NIS final 9 - 30 de janeiro;
  • NIS final 0 - 31 de janeiro.

O Ministério do Desenvolvimento Social informa que os usuários não precisam trocar ou atualizar os cartões. Logo, os cartões do Auxílio Brasil ainda seguem válidos para saques e movimentações. 

+Lula anuncia data de pagamento do Bolsa Família; veja detalhes

Bolsa Família com inclusão de R$ 150 por criança deve ser implementado a partir de março

Atualmente, o governo trabalha para viabilizar o novo Bolsa Família, que prevê o pagamento adicional de R$ 150 por família para cada criança de 0 a 6 anos. O ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias, indicou que o valor será incluído a partir de março.

Dias afirmou que “a perspectiva é, a partir de agora, ter a família como centro das políticas que têm como âncora o Novo Bolsa Família, a transferência de renda. Uma das preocupações é com a criança nessa fase de formação”.

Em colaboração com estados e municípios, o governo está atualizando o Cadastro Único de programas sociais e fazendo uma busca ativa dos beneficiários que ainda não constam da lista.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.