MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Preço de passagens aéreas sofrerão reajuste; Saiba mais

As empresas devem fazer o reajuste das passagens aéreas ainda no mês de março. Um dos motivos é alta do preço do barril de petróleo

REDAÇÃO | REDACAO@JCCONCURSOS.COM.BR
Publicado em 11/03/2022, às 21h48

O reajuste das passagens aéreas está diretamente relacionado à alta do barril do petróleo
O reajuste das passagens aéreas está diretamente relacionado à alta do barril do petróleo - Freepik
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O conflito entre Rússia e Ucrânia está afetando a economia de vários países. E um dos setores que anunciou mudanças por causa disso foi o setor de aviação. As companhias Gol, Latam e Azul devem aumentar os preços das passagens aéreas ainda no mês de março. O reajuste está diretamente relacionado à alta do barril do petróleo, que está em alta por conta da guerra.

A Gol informou que se pronunciará depois da divulgação de seus resultados do quarto trimestre de 2021 na segunda-feira (14). Mas destacou que deve seguir a posição da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR). A Abear divulgou um relatório informando que a alta dos do petróleo pode afetar a recuperação do setor de aviação e inviabilizar as rotas regionais.

+++Aumento dos combustíveis: Postos de SP já praticam novos preços; Confira

O que dizem as companhias sobre o reajuste das passagens aéreas?

O aumento do preço do Querosene de Aviação (QAV) impacta diretamente os custos das companhias aéreas. Com essa situação sem precedentes em todo o mundo, é previsível que o preço das passagens aéreas sejam afetados.

A Azul disse em relatório que embora o valor do barril de petróleo fosse um pouco maior há 14 anos, a situação atual é muito pior, pois naquela época o dólar estava muito abaixo dos atuais R$ 5 e era cotado abaixo de R$ 2. A companhia informou ainda que esses números têm impacto direto no setor de aviação, em especial as empresas brasileiras que têm diversos custos em dólar e um dos combustíveis mais caros do mundo.

Em entrevista ao Poder 360, o presidente da Latam Brasil, Jerome Cadier, informou que a reação à alta do petróleo e o consequente aumento do preço do querosene de aviação são o reajuste das tarifas e a redução da oferta de voo. Jerome também informou que é previsto o aumento das passagens aéreas, o que deverá desacelerar ainda mais a recuperação do setor depois da pandemia.

Em nota, a Latam disse que “permanece atenta à evolução da guerra na Ucrânia, que impacta diretamente no preço do petróleo para realizar ajustes em seus voos e projeções, se necessário”.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.