MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Prévia da inflação perde força em março; veja os produtos com maiores descontos

A gênero alimentício apresentou uma série de quedas de preços, com os dados da prévia da inflação, com destaque para batata, tomate e contra-filé

Prévia da inflação perde força em março; veja os produtos com maiores descontos
Agência Brasil
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 24/03/2023, às 12h38

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Nesta sexta-feira (24), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou os números do Índice de Preços aos Consumidores Amplo (IPCA-15), considerada a prévia da inflação oficial. A inflação perdeu força em comparação com os mesmos dados do mês anterior, 0,69% de março contra o 0,76% de fevereiro.

Nos últimos 12 meses, o IPCA-15 acumulou 5,36%, abaixo dos 5,63% observados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em março de 2022, o IPCA-15 foi de 0,95%. 

O JC Concursos fez um levantamento dos produtos que apresentaram as maiores quedas de preço no mês de março. 

+Bolsa Família: Caixa realiza mais um pagamento com novidades; confira

Confira as maiores quedas de preços

O setor de transporte registrou queda nos preços do óleo diesel (-4,86%) e do gás veicular (-2,62%). 

Já o setor de alimentação e bebidas teve uma desaceleração em relação a fevereiro, de 0,39% para 0,20%, e isso se deve, em grande parte, às quedas nos preços da batata-inglesa (-13,14%) e do tomate (-6,34%). Também houve quedas nos preços da cebola (-12,13%), do óleo de soja (-2,47%), do contrafilé (-2,04%) e do frango em pedaços (-1,94%). 

No grupo de Artigos de residência, houve uma queda de 0,18%, o único grupo com queda em março. Esse resultado foi influenciado pelo recuo de 1,81% dos itens de tv, som e informática, especialmente os televisores (-1,89%) e os computadores pessoais (-1,68%). 

+Nubank lança nova funcionalidade após ouvir pedidos de clientes; confira

E as maiores altas?

No setor de transportes, destaca-se a alta de 9,02% nos transportes por aplicativo, que reverteu o recuo de 6,05% registrado em fevereiro. Além disso, houve reajustes significativos nas tarifas de transporte público em diversas cidades do país, como o reajuste médio de 11,80% nas passagens no Rio de Janeiro a partir de 18 de fevereiro, com aumento de 8,41% no preço das passagens de ônibus na cidade. As tarifas de trem também foram reajustadas, com destaque para o aumento de 43,13% no preço para o público em geral a partir de 9 de fevereiro, o que levou a uma variação nacional de 17,34% no subitem trem. Também foi registrado um aumento de 9,23% em algumas praças de pedágio em Porto Alegre.

No setor de alimentos, o destaque ficou para o aumento de 8,00% nos preços do ovo de galinha em março. 

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil  no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.