MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Privatizado, Metrô do RJ é o mais caro do Brasil e pode comprometer mais de 20% da renda

A passagem do metrô do Rio de Janeiro se tornou a mais cara do Brasil, comprometendo mais de 20% do salário mínimo

Privatizado, Metrô do RJ é o mais caro do Brasil e pode comprometer mais de 20% da renda
Divulgação
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 03/10/2023, às 14h54

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A passagem do metrô na cidade do Rio de Janeiro detém o título de mais cara do país, com o valor de R$ 6,90 por bilhete simples. Esse preço pode representar mais de 20% do salário mínimo atual, estabelecido em R$ 1.320. Isso ocorre porque o gasto médio mensal com o transporte chegará a R$ 276, considerando duas passagens diárias (ida e volta), excluindo os fins de semana.

O metrô do Rio de Janeiro tem 54,4 km de extensão, ainda que seja a segunda maior cidade do país, a sua extensão está atrás de outras capitais, como Porto Alegre, Recife e Fortaleza, que possuem uma população bem menor que fluminense. 

Outro ponto que diferencia das outras cidades é a questão da privatização. O metrô carioca foi privatizado em 1998. 

Confira as passagens mais caras em outras capitais brasileiras:

  • Brasília (DF)

    • Preço da passagem: R$ 5,50
    • Linhas: duas
    • Estações: 24
    • Extensão: 42,38 km
  • Belo Horizonte (MG)

    • Preço da passagem: R$ 4,50
    • Linha: uma
    • Estações: 19
    • Extensão: 28,1 km
  • Porto Alegre (RS)

    • Preço da passagem: R$ 4,50
    • Linha: uma
    • Estações: 22
    • Extensão: 43,4 km
  • São Paulo (SP)

    • Preço da passagem: R$ 4,40
    • Linhas: seis
    • Estações: 91
    • Extensão: 104,4 km
  • Recife (PE)

    • Preço da passagem: R$ 4,25
    • Linhas: três
    • Estações: 37
    • Extensão: 71 km
  • Salvador (BA)

    • Preço da passagem: R$ 4,30
    • Linhas: duas
    • Estações: 20
    • Extensão: 33 km
  • Fortaleza (CE)

    • Preço da passagem: R$ 3,60
    • Linhas: três
    • Estações: 39
    • Extensão: 56,8 km

Comparando tarifas de metrô ao redor do mundo, o serviço de transporte na capital fluminense tornou-se mais caro em termos de percentual da renda mensal do trabalhador local. Veja alguns exemplos:

  • Buenos Aires (Argentina)

    • Preço da passagem: 19 pesos argentinos (R$ 0,79)
    • Gasto mensal corresponde a 2,37% da renda local
  • Cidade do México

    • Preço da passagem: 5 pesos mexicanos (R$ 1,17)
    • Gasto mensal corresponde a 5,78% da renda local
  • Xangai (China)

    • Preço da passagem: 3 yuans (R$ 2,15)
    • Gasto mensal corresponde a 4,63% da renda local
  • Madri (Espanha)

    • Preço da passagem: 1,50 euro (R$ 7,65)
    • Gasto mensal corresponde a 5,71% da renda local
  • Paris (França)

    • Preço da passagem: 1,70 euro (R$ 8,65)
    • Gasto mensal corresponde a 4,24% da renda local
  • Nova York (EUA)

    • Preço da passagem: 3 dólares (R$ 13,85)
    • Gasto mensal corresponde a 9,55% da renda local
  • Berlim (Alemanha)

    • Preço da passagem: 3,60 euros (R$ 18,28)
    • Gasto mensal corresponde a 7,79% da renda
  • Londres (Inglaterra)

    • Preço da passagem: 5,90 libras esterlinas (R$ 35,94)
    • Gasto mensal corresponde a 14,11% da renda

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.