MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Produção de petróleo no Brasil sobe 4% em 2022, com destaque para o pré-sal

Dados recentes revelam que a produção de petróleo no Brasil atingiu números recordes em 2022, impulsionando o setor e aumentando as reservas do país

Produção de petróleo no Brasil sobe 4% em 2022, com destaque para o pré-sal
Freepik
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 03/07/2023, às 07h27

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Dados divulgados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) revelam que a produção de petróleo no Brasil atingiu números impressionantes em 2022, impulsionando o setor e contribuindo para o crescimento das reservas do país. Com destaque para o pré-sal, as estatísticas demonstram um aumento significativo na produção nacional. Além disso, o setor de gás natural também apresentou um crescimento constante.

No entanto, o setor de biocombustíveis teve um desempenho inferior em relação ao ano anterior. Vamos analisar em detalhes os principais dados e perspectivas para o futuro.

Produção de petróleo atinge números recordes

Segundo os dados consolidados do ano de 2022 divulgados pela ANP, a produção nacional de petróleo atingiu a marca de 3 milhões de barris por dia, representando um aumento de 4% em comparação ao ano anterior. Desse total, a produção de petróleo do pré-sal alcançou uma média de 2,3 milhões de barris por dia, o que corresponde a cerca de 76% da produção total do Brasil.

As reservas totais de petróleo no Brasil apresentaram um crescimento de 10,6% em 2022, chegando a 26,91 bilhões de barris. Já as reservas provadas de petróleo somaram 14,9 bilhões de barris, um aumento de 11,5% em relação ao ano anterior. Esses números evidenciam o potencial do país nesse setor e reforçam a importância das atividades de exploração e produção de petróleo.

No ano de 2022, as exportações de petróleo no Brasil totalizaram 1,3 milhão de barris por dia, indicando um crescimento significativo. Por outro lado, as importações de petróleo também aumentaram, alcançando 275 mil barris por dia, o que representa um crescimento de 68,3%. Esses dados ressaltam a relevância do país no mercado internacional de petróleo e demonstram a necessidade de equilíbrio entre produção e importação para atender à demanda nacional.

Setor de gás natural em constante expansão

Em 2022, o setor de gás natural registrou um acréscimo de 3,1% na produção, marcando o 13º ano consecutivo de crescimento. A produção diária de gás natural no país atingiu a marca de 137,9 milhões de metros cúbicos. No pré-sal, a produção de gás natural também aumentou e correspondeu a 71,6% da produção total do Brasil em 2022. As reservas totais de gás natural cresceram 4,5%, chegando a 587,9 bilhões de metros cúbicos, enquanto as reservas provadas aumentaram 6,6%, totalizando 406,5 bilhões de metros cúbicos.

Desafios no setor de biocombustíveis

No setor de biocombustíveis, a produção de biodiesel em 2022 foi 7,6% inferior à do ano anterior. Essa redução pode ser atribuída à redução do percentual de biodiesel no óleo diesel de 12% para 10%, determinada pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) a partir de novembro de 2021. Por outro lado, a produção de etanol registrou um aumento de 2,5% em relação a 2021, alcançando a marca histórica de 30,7 bilhões de litros. No entanto, o etanol hidratado enfrentou desafios de competitividade de preços em relação à gasolina C, o que resultou em uma queda de 7,5% nas vendas desse combustível em 2022.

Crescimento da produção de derivados de petróleo e participações governamentais

A produção nacional de derivados de petróleo teve um crescimento expressivo de 6,7% em 2022, atingindo 2,1 milhões de barris por dia, o que corresponde a cerca de 84% da capacidade instalada de refino do país. As vendas de derivados pelas distribuidoras também evoluíram, registrando um aumento de 3,9%, com destaque para as vendas de querosene de aviação, que tiveram um aumento de 35,9%.

Em relação às obrigações da cláusula dos contratos de concessão, partilha e cessão onerosa, os investimentos em pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) aumentaram significativamente em 2022, atingindo um valor de R$ 4,4 bilhões, representando um crescimento de 45,8% em relação ao ano anterior. Além disso, o montante gerado de participações governamentais, como royalties e participação especial, atingiu a marca de R$ 118,6 bilhões em 2022, um incremento de 52% em relação ao ano anterior.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.