MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Professores de São Paulo vão receber R$ 115 milhões em bonificação por resultados

O Estado de São Paulo anunciou o pagamento de R$ 115 milhões em Bonificação por Resultados (BR), como forma de valorizar o desempenho dos servidores durante 2022

Professora sorri em sala de aula com alunos
Professora sorri em sala de aula com alunos - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 14/09/2023, às 16h50

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Estado de São Paulo, em iniciativa voltada a reconhecer o esforço e a dedicação de dos profissionais da educação, anunciou o pagamento de R$ 115 milhões em Bonificação por Resultados (BR), como forma de valorizar o desempenho dos servidores durante o exercício de 2022. 

O repasse será feito no próximo dia 20 para professores e funcionário administrativos do Centro Paula Souza (CPS). Cerca de 18 mil servidores do CPS serão beneficiados com essa bonificação, sendo 14 mil docentes das Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais, além de 4 mil administrativos.

A diretora-superintendente do CPS, Laura Laganá, enfatizou a importância dessa bonificação ao dizer: "O pagamento da bonificação pelo Governo do Estado valoriza o empenho incansável dos nossos professores e servidores, que buscam aprimorar cada vez mais a excelência do serviço prestado pela instituição".

+Avaliação rigorosa do INSS: R$ 20 bilhões em Cortes preocupa beneficiários

Critérios para a Bonificação por Resultados

A bonificação, que representa um percentual mensal de 8,34%, será calculada levando em consideração o Índice Agregado de Cumprimento de Meta (IACM) obtido por cada unidade escolar, bem como a frequência do servidor.

A determinação dos indicadores que definem a Bonificação por Resultados (BR) nas Etecs e Fatecs envolveu critérios rigorosos. Foram considerados a taxa de conclusão de curso e o índice de participação na Escola de Inovadores. Além disso, os resultados de cada Etec em avaliações externas, como o Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp), tiveram impacto na bonificação.

No caso das Fatecs, também foram levados em consideração o reconhecimento de cursos pelo Conselho Estadual de Educação (CEE) e a avaliação de rendimento escolar. No que diz respeito aos servidores da Administração Central, outros critérios foram considerados, incluindo a formação inicial e a educação continuada oferecidas pela instituição.

+USP assume o primeiro lugar entre faculdades da América Latina; Veja ranking

Além disso, o desempenho médio de todas as unidades de ensino, bem como a criação e a atualização de cursos em consonância com o mercado de trabalho, tiveram influência na definição da bonificação.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.