MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Reajuste do salário mínimo em 2024 impacta contribuições do MEI. Veja novo valor

Os novos valores passam a vigorar nos boletos com vencimento em fevereiro. O DAS-MEI representa a única obrigação financeira do MEI

Uma única guia de pagamento do MEI engloba os impostos (ICMS e ISS) e a contribuição ao INSS
Uma única guia de pagamento do MEI engloba os impostos (ICMS e ISS) e a contribuição ao INSS - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 05/01/2024, às 19h15 - Atualizado em 11/01/2024, às 21h05

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Com o reajuste do salário mínimo para R$ 1.412 a partir de janeiro de 2024, uma série de mudanças também atingiu as contribuições fiscais, incluindo aquelas destinadas à Receita Federal, como a contribuição mensal do Microempreendedor Individual (MEI). Os novos valores passam a vigorar nos boletos com vencimento em 20 de fevereiro, referentes à competência de janeiro.

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) esclareceu que essa atualização se deve ao fato de que o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS-MEI) incorpora uma parcela referente à contribuição para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que é ajustada anualmente conforme o salário mínimo.

Para o MEI, cujos impostos são fixos, independentemente do faturamento, o novo valor do DAS-MEI em 2024 variará de R$ 70,60 a R$ 76,60, dependendo da atividade desempenhada pelo empreendedor. O limite anual para permanecer sob o regime é de R$ 81 mil.

📲 Junte-se ao canal de notícias do JC Concursos no WhatsApp

A composição do DAS-MEI inclui tributos como INSS (5% do salário mínimo vigente), Imposto Sobre Serviços (ISS) (mais R$ 5), e Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) (mais R$ 1). Por exemplo, profissionais do comércio e indústria pagarão R$ 71,60, enquanto aqueles em serviços desembolsarão R$ 75,60, e os que atuam em comércio e serviços pagarão R$ 76,60.

Uma única guia de pagamento engloba os impostos (ICMS e ISS) e a contribuição ao INSS

O Sebrae enfatiza que o DAS-MEI representa a única obrigação financeira do MEI, mesmo quando não está em atividade. Devido ao regime do Simples Nacional, uma única guia de pagamento engloba os impostos (ICMS e ISS) e a contribuição ao INSS, conferindo direitos aos benefícios previdenciários.

No caso específico do MEI Caminhoneiro, o valor varia de R$ 169,44 a R$ 175,44, dependendo do tipo de produto transportado e do destino. Esse cálculo considera 12% do salário mínimo destinado ao INSS e as mesmas quantias do MEI tradicional para ICMS e ISS.

A categoria do MEI, criada em 2008, atingiu a marca de 12 milhões de negócios formalizados em 2023, representando aproximadamente 60% de todas as empresas do país, de acordo com dados da Receita Federal.

A emissão do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) pode ser realizada por meio de diversos canais, incluindo programas geradores, aplicativos para celulares e portais específicos. O Sebrae também oferece o serviço em seu portal.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.